Conab adota medidas para garantir abastecimento de hortifrutis

Conab adota medidas para garantir abastecimento de hortifrutis

Na última quinta-feira (16/04), a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou um boletim com medidas para garantir o abastecimento de hortifrutis no comércio durante a pandemia do coronavírus. A Conab vem adotando providências para atender usuários com segurança e qualidade. O órgão também monitora o aumento de preços e reforça que não haverá desabastecimento. 

“Houve uma corrida aos mercados com um temor de um possível desabastecimento, o que não está acontecendo. Os estabelecimentos de hortifrutis e supermercados intensificaram as compras.” lembra o Diretor de Operações e Abastecimento da Conab, Bruno Scalon Cordeiro.

Além das medidas sanitárias, as Ceasas também promovem o controle do quantitativo de pessoas que acessam os mercados e realizam campanhas de orientação direcionadas aos funcionários e usuários. Ações preventivas adotadas pelas Ceasas têm garantido que os produtos hortigranjeiros continuem chegando de forma segura a todos os usuários.

Aumento nos preços

Os hortifrutis que tiveram alta foram batata, cenoura, cebola e tomate. No caso da alface, houve maior oferta nos mercados, mas menor demanda pela alta perecibilidade, e porque os consumidores acabam evitando o consumo de produtos crus no período da quarentena.

No levantamento das frutas, entre as mais caras está a laranja. O estudo associa o fato ao aumento da demanda por cítricos em geral. Como essas frutas são ricas em vitamina C, elas auxiliam no aumento da imunidade e, assim, passaram a ser mais procuradas pelos consumidores, fato que elevou a demanda e fez com que o preço aumentasse.

Fonte: gov.br
Print Friendly, PDF & Email