Adidos do Exército colaboram na repatriação de centenas de brasileiros que estavam no sudeste da Ásia

Adidos do Exército colaboram na repatriação de centenas de brasileiros que estavam no sudeste da Ásia

Jakarta (Indonésia) – Em virtude da pandemia da COVID-19, o Exército Brasileiro, em âmbito nacional, desenvolveu diversas atividades para cooperar com o nosso país na mitigação dos problemas causados pelo vírus. No campo internacional, as atividades de intercâmbio militar tiveram que ser suspensas ou adiadas temporariamente. No entanto, em coordenação com o Ministério das Relações Exteriores, a repatriação dos brasileiros que ficaram retidos em diversos locais do globo pela inexistência de voos regulares que os trouxessem de volta foi feita em diversos locais, momento em que os adidos militares juntaram-se aos diplomatas e entraram em ação para desencadear esse esforço de cunho humanitário.

A contratação de aeronaves, o planejamento de rotas, a autorização de sobrevoo e pouso, a interlocução com os cidadãos brasileiros, a coordenação com as autoridades do setor de imigração e das instalações aeroportuárias, entre outras, foram as missões desenvolvidas pelas forças-tarefas estabelecidas nas diversas embaixadas.

No sudeste asiático, a embaixada do Brasil na Indonésia, em estreita coordenação com as embaixadas brasileiras no Vietnã e na Tailândia, conduziu o retorno de 368 pessoas em uma complexa operação, que envolveu o fretamento de duas aeronaves da empresa indonésia Garuda. A primeira rota realizou o circuito Jacarta-Hanói-Bangkok-Medan (norte da Indonésia). No segundo itinerário, ocorreu o voo Bali-Medan.

Em Medan, após a primeira parada técnica para a troca de tripulação e para o reabastecimento, todos juntaram-se na aeronave de maior porte e decolaram com destino a Amsterdã, onde ocorreu uma segunda parada técnica, para, finalmente, terminar a viagem em Guarulhos (SP) no dia 22 de abril.

Em depoimento emocionado, uma brasileira conseguiu resumir a importância dessa operação. Disse ela: “O Brasil veio me buscar!”

Aditância do Exército na Indonésia

Fonte: Portal de Imprensa do Exército Brasileiro

Print Friendly, PDF & Email