Hamilton revela que muda o estilo de pilotar “todos os anos”

Hamilton revela que muda o estilo de pilotar “todos os anos”

Ele pode já ter vencido seis campeonatos mundiais, mas Lewis Hamilton revelou que ainda muda sua técnica de direção todos os anos, como parte de um esforço constante para melhorar cada vez mais.

Em uma entrevista conjunta com seu chefe da Mercedes, Toto Wolff, Hamilton perguntado por Martin Brundle, da Sky F1, o que restava para alcançar, devido à sua incrível carreira de sucesso nos últimos seis anos com a Silver Arrows.

Sua resposta foi enfática. “Você sempre pode melhorar”, disse ele. “Não vencemos todas as corridas no ano passado – há áreas que tropeçamos e há muitos elementos [na vitória].

“Sempre há áreas em que podemos melhorar. Como piloto, como posso melhorar a comunicação com minha equipe, mecânicos e os caras de volta à fábrica? Mas também como piloto, [como] posso oferecer melhores desempenhos?”

 

“Portanto, não é técnica, você não vai mudar a maneira de pilotar o carro de corrida”, diz Brundle – algo que Hamilton corrige imediatamente.

“Todo ano eu faço. Todos os anos, e mesmo durante a temporada, a técnica está evoluindo. Este ano, por exemplo, temos os mesmos pneus do ano passado, mas, no ano passado, o ano todo foi um problema [com os pneus], ​​então ainda existem técnicas sutis que vou precisar adaptar, também com um diferente carro.

“E isso faz parte do jogo, é poder ser adaptável e temos esse carro novo – não sei como vou lidar, espero que ele seja ótimo”.

O contrato atual de Hamilton expira no final deste ano, mas ele diz que não tem pressa em fechar um novo acordo – e insiste que o dinheiro não é o maior problema quando se trata de negociar com Wolff.

“Ainda não nos sentamos e conversamos”, disse ele. “Não me estresso e confio em Toto, e temos essa confiança entre nós. Dissemos um ao outro quais são nossos objetivos, quais são nossos compromissos. Nem sempre sinto necessariamente que há pressa [para finalizar um acordo]. ”

Ele também reconheceu que, aos 35 anos, está mais perto do final de sua carreira na F1 do que no começo.

“Estou entrando potencialmente no meu último período de tempo no meu esporte e, claro, você deseja maximizar financeiramente, mas é mais sobre resultados”, disse ele.

Fonte: Fórmula 1

 

Print Friendly, PDF & Email