Cinco clubes de São Paulo já venceram o Brasileirão; Palmeiras (10), Santos (8), Corinthians (7), São Paulo (6) e Guarani (1)

 

No último fim de semana seria o início do Campeonato Brasileiro, mas por conta da pandemia da Covid-19, todas as atividades esportivas foram suspensas por medidas paliativas e com a bola parada nos gramados mundiais, a história ganha terreno. Relembre as conquistas paulistas, maior vencedor da elite nacional.

História

Com a necessidade de atender todas as regiões do Brasil, a Confederação Brasileiro de Desportos (CBD), atual CBF, instituiu a Taça Brasil em 1954 e definiu o seu regulamento no ano seguinte. Mas por conta da aprovação prévia do calendário nacional de 1955 a 1958, ano em que o Brasil conquistou a sua primeira Copa do Mundo, o torneio passou a ser disputado somente em 1959, quando o Bahia se sagrou campeão. Por conta do calendário e da dimensão territorial, apenas os campeões estaduais disputavam a competição em seu início.

Em 1967, surgiu o Torneio Roberto Gomes Pedrosa, versão expandida do Torneio Rio-São Paulo, que passou a contar com os principais clubes do Brasil. Em 1967 e na temporada seguinte, o Brasil teve a disputa da Taça Brasil e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa, competições reconhecidas como títulos nacionais. A partir de 1969, somente a Taça Brasil passou a ser disputada e, em 1971, passou a ter o nome de Taça de Prata e posteriormente passou a utilizar o nome definitivo de Campeonato Brasileiro.

Decacampeão

Desde 1959, São Paulo é o estado com o maior número de títulos no âmbito nacional, com 32 conquistas. Do total, o Palmeiras é quem mais coleciona títulos, com 10 ao longo de sua história. A primeira vez aconteceu em 1960 e a último há dois anos.

Na temporada 1967, o Palmeiras conquistou os títulos da Taça Brasil e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa. Em 1972 e 1973, o time de Palestra Itália venceu o bicampeonato, assim como em 1993 e 1994. As outras três conquistas aconteceram em 1969, 2016, quando encerrou um jejum de 22 anos, e em 2018, sua última taça.

Octacampeão

O Santos é o segundo maior detentor de títulos nacionais da história do futebol brasileiro. O time da Baixada Santista também é a única equipe a vencer a competição por cinco vezes consecutivas, de 1961 a 1968, década que também foi bicampeão mundial -1962 e 1963.

Ao longo da história, o Santos também foi a equipe que mais vezes teve o principal goleador da competição em 14 oportunidades. Pelé, o maior artilheiro da história do futebol mundial, foi três vezes quem mais fez gol.

Heptacampeão

Logo em seguida aparece o Corinthians com sete conquistas. Dos clubes paulistas, o Alvinegro é quem mais venceu nas últimas três décadas. O seu primeiro troféu aconteceu em 1990 e desde então, o time de Parque São Jorge se sagrou campeão bicampeão em 1998 e 1999, em 2005, 2011, 2015 e 2017, ano de sua última campanha vencedora.

Hexacampeão

Com seis triunfos aparece o São Paulo. Líder geral na era dos pontos corridos, formato utilizado desde 2003, o clube do Morumbi soltou o grito de campeão pela primeira vez em 1977. A segunda taça veio em 1986 e cinco depois, sob o comando de Telê Santana veio o tri. Nos anos 2000, o Tricolor atingiu o seu ápice no quesito Campeonato Brasileiro, sendo campeão três vezes consecutivas em 2006, 2007 e 2008, sob a batuta de Muricy Ramalho, ídolo são-paulino.

Campeão do Interior

Até hoje, o Guarani é o único clube do interior do Brasil a atingir o feito de ser campeão brasileiro. Em 1978, comandados por Carlos Alberto Silva, Renato, Zenon, Bozó e Careca encheram de alegria o torcedor bugrino e desbancaram outras potências nacionais para ficar com o título, o único de sua história.

Fonte: FPF
Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments