Mãe és tu somente tu que sabes o que

Eu tenho de mais valor

Que é o sentimento puro porque seu coração

É como o meu coração…

Vim do seu amor,

E tudo o que me ensinaste foi amar,

Perdoar, todos aqueles que atravessaram e

Participaram da minha vida!!!

Mãe sem você eu não sou nada,

Porque foi você que me inspirou no mundo

Agradeço a Deus por ter me dado você

Como mãe.

 

Neste primeiro Poema vemos o amor de mãe ser expessado pela poetisa e professora Erenita de Oliveira Varella – retirado de seu livro – Lembranças de Anita. Nada mais pontual e prefeito para o dia de hoje, domingo 10 e maio de 2020 – dia das Mães.

Em nome da autora e nossa colaboradora Prof. Erenita, brindo a todos com esse belo poema e que todas as mães no dia de hoje sintam-se ternamente amadas, como nossa poetisa quis passar seu AMOR MATERNO e seu amor por sua mãe.

 

 

Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments