A Operação COVID-19 chega aos 50 dias de enfrentamento à pandemia provocada pelo novo coronavírus. Diariamente, mais de 29 mil militares envolvidos nessa missão realizam ações por todo o Brasil para frear o avanço da doença e apoiar a sociedade. Entrega de cestas básicas, transporte aéreo de medicamentos e materiais de saúde, descontaminação de áreas públicas, entre outras atividades, são desenvolvidas por homens e mulheres das Forças Armadas, sob coordenação do Ministério da Defesa.

No fim deste sábado (09), aeronave C-105 da Força Aérea Brasileira (FAB) decolou da capital amazonense em direção ao município de São Gabriel da Cachoeira, no mesmo Estado, transportando 20 cilindros de oxigênio para apoiar o tratamento dos pacientes com a Covid-19. Neste domingo (10), serão enviados mais 80 cilindros de oxigênio e 100 kg de medicamentos para o município, que fica a mais de 800 km de Manaus.

Na Região Norte, a Capitania dos Portos do Amapá atuou, neste sábado (09), na conscientização da comunidade sobre medidas de prevenção à doença com entrega de panfletos na área portuária do município de Santana. Militares da Capitania dos Portos do Piauí realizaram a mesma atividade no polo litoral de Parnaíba e no polo Delta.

Na Região Sul, no município gaúcho de Bagé, o 3° Batalhão Logístico apoia a Secretaria de Educação do Rio Grande do Sul com armazenamento de mais de 3,2 mil kits de alimentação, além de 2,5 mil já armazenados e distribuídos. Esses kits são entregues a famílias de alunos de escolas estaduais.

Ação semelhante ocorre no município de São Luiz Gonzaga, onde militares do Exército estão distribuindo 2,2 mil kits de alimentação que beneficiarão famílias de alunos da 52 escolas da rede pública de ensino. A iniciativa conta com a parceria da Defesa Civil do Estado.

Na Região Centro Oeste, em Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, também houve entrega de kits de alimentação aos alunos do Programa Forças no Esporte (PROFESP). O apoio à população de baixa renda também teve continuidade com a entrega de alimentos por militares do Comando Conjunto Nordeste.

Na capital do Rio de Janeiro, foi feita a desinfecção do Hospital Federal de Andaraí. Em outra capital, Belém do Pará, militares da Marinha descontaminaram o Hospital Pronto Socorro Municipal Dr. Humberto Maradei Pereira. Em Mauá, em São Paulo, o 2° Batalhão de Polícia do Exército realizou a desinfecção no terminal central de ônibus do município e na estação Mauá da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Na capital paranaense, o 20º Batalhão de Infantaria Blindado montou barraca para triagem em apoio logístico à Fundação Pró-Renal de Curitiba. Em Porto Velho, capital de Rondônia, a campanha de doação de sangue prosseguiu no Comando Conjunto Amazônia. Na sexta-feira (08), militares participaram desse esforço para reestabelecer o estoque de bolsas de sangue no Estado.

Na Região Sudeste, a Banda de Música da 4ª Região Militar se apresentou para profissionais de saúde do Hospital Eduardo de Menezes. A instituição é uma das unidades da Fundação Hospitalar de Minas Gerais, conveniada ao Sistema Único de Saúde (SUS) e referência nos atendimentos de pacientes com Covid 19 na capital mineira.

Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério da Defesa

Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments