O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, afirmou que o governo mantém a decisão de executar os leilões de concessões de ativos no setor de infraestrutura previstos para este ano. Segundo o ministro, o andamento dos processos segue o cronograma estabelecido e há condições para que os certames ocorram no prazo. Freitas participou, por videoconferência, de reunião com investidores, que debateu os desafios e os efeitos da crise do novo coronavírus no setor.

Na reunião, que ocorreu nessa segunda-feira (11), o ministro ressaltou que o cronograma para concessão dos ativos de infraestrutura segue o seu curso normal, apesar da crise causada pela pandemia do novo coronavírus. “Não paramos nenhuma atividade dos nossos projetos de concessão”, destacou. “Esses primeiros leilões serão importantíssimos para afastar essa nuvem de incerteza do setor. Estamos trabalhando para que, no dia 28 de agosto, aconteça o primeiro leilão”, explicou Freitas.

Até 2022, serão concedidos projetos que demandarão mais de R$ 239 bilhões em investimentos privados ao longo dos próximos 30 anos.

O ministro falou sobre as ações da pasta para diminuir os impactos da pandemia no setor desde o início da crise. Ele citou a operação de apoio ao Ministério da Saúde, em especial a logística de importação de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e a construção de hospitais de campanha; a criação do Conselho Nacional de Secretários de Transportes (Consetrans), para manter a logística funcionando; a Medida Provisória do setor aéreo e portuário, que garante o funcionamento de portos e aeroportos; bem como a continuação de importantes obras rodoviárias no País.

Fonte gov.br

Ajude-nos a levar o jornalismo independente a todas as partes!

Graças ao apoio de leitores como você, é possível realizar um excelente trabalho jornalístico de pesquisa e investigação, oferecendo um serviço sério de alta qualidade com imprensa livre e jornalismo independente.

Em uma época em que notícias falsas e distorcidas estão em todas partes, seu apoio é vital para o bom desenvolvimento da informação.

Entre no link abaixo e nos ajude a continuar o nosso trabalho com informações gerais que podem ser lidos por toda a família em uma abordagem que prima pela ética e pelo respeito ao leitor.

Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments