Executadas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), as obras são, na maioria, de manutenção de estradas.

Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) tem executado diversas obras em todo o Brasil. As obras são, na maioria, de manutenção de estradas e viadutos e de pavimentação. No Pará, a transposição de um rio possibilitou que um hospital flutuante chegasse às comunidades ribeirinhas do estado.

O órgão ressaltou que, em meio à pandemia, as equipes de trabalho são orientadas quanto aos cuidados na prevenção ao novo coronavírus. Os colaboradores realizam os serviços com distância de segurança e nos canteiros de obras e áreas de vivência são realizadas adaptações necessárias para a segurança da saúde dos trabalhadores.

Confira as ações do órgão pelos estados

Pará

Conclusão da transposição das eclusas de Tucuruí, no rio Tocantins. A transposição foi realizada em operação de caráter emergencial, com o objetivo de garantir o deslocamento de uma Unidade Básica de Saúde (UBS) que vai auxiliar nas ações do município de Itupiranga. O hospital flutuante vai assistir aos moradores que vivem na beira dos rios, agilizando o atendimento e evitando a necessidade dessas pessoas se deslocamento até a cidade.

O serviço nas eclusas estava suspenso desde 2018, em função de problemas técnicos nos equipamentos necessários para garantir a operação segura do sistema. As obras contaram com o apoio de equipes da Eletronorte, Marinha do Brasil, Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA)  e do Corpo de Bombeiros do Estado do Pará.

O restabelecimento da operação das eclusas viabilizará a navegação em trecho de aproximadamente 500 quilômetros de extensão, entre a cidade de Marabá/PA e o porto de Vila do Conde, próximo a Belém/PA.

Rondônia 

Equipes trabalham em vários trechos da BR-364, em Rondônia. Os serviços ocorrem no trecho localizado entre os municípios de Presidente Médici e Ji-Paraná. A BR-364/RO é uma rodovia fundamental para o escoamento da produção das regiões Norte e Centro-Oeste do País.

Os serviços de Tratamento Superficial Duplo (TSD) já estão  concluídos entre o km 305 e o km 331. Será executado, a partir de agora, o revestimento de Concreto Betuminoso Usinado a quente (CBUQ), também conhecido com massa asfáltica. As obras  são realizadas entre o km 305 e o km  405.                                                                                                                                                                                          

Roraima

Obras de pavimentação rodoviária da BR-432 são muito importantes para a região Norte, pois encurtam o deslocamento entre a capital Boa Vista  e a cidade de Manaus, no estado do Amazonas. Agora, são feitos serviços de lançamento e alinhamento de meio-fio e de execução da capa de rolamento.

Minas Gerais

O trabalho de manutenção rodoviária sendo feito em estradas de Minas Gerais por equipes da Autarquia inclui a limpeza dos dispositivos de drenagem, roçada e intervenções na BR-050/MG, nos kms 72, 74 e 75, no perímetro urbano da cidade de Uberlândia (MG). Já na BR-452/MG, no município de Araxá (MG), do km 285 ao 299, o DNIT executa a roçada da faixa de domínio e intervenções na pista.

Na BR-345/MG são realizados serviços de conservação, entre o km 460 e o km 470, nos municípios de Iguatama e Arcos. Próximo ao município mineiro de Divinópolis, o km 14 da BR-494/MG recebe a limpeza dos dispositivos de drenagem.

Na BR-352/MG, o km 380, próximo a Abaeté, órgão executa serviços de conservação. Já na BR-146/MG, o km 390, no município de Bom Jesus da Penha, recebe o serviço de fresagem e recomposição da capa asfáltica.

Rio Grande do Norte

Manutenção ao longo da BR-226 no estado do Rio Grande do Norte. Os serviços acontecem, inicialmente, em 23 quilômetros de rodovia, localizados entre os municípios de Triunfo Potiguar e Campo Grande. A previsão é de que o trecho seja recuperado até o final deste ano.

As equipes executam serviços como reciclagem do asfalto existente, pavimentação asfáltica, construção de dispositivos de drenagem e roçada mecanizada, dentre outros.

Essa obra traz um enorme benefício à população da região, uma vez que a BR-226, além de ser o principal eixo viário de ligação entre a região do Seridó/RN e diversos municípios do estado do Ceará, também é responsável pelo escoamento da produção local. Sua recuperação garantirá uma trafegabilidade mais segura aos usuários.

Rio Grande do Sul

Na BR-386/RS, entre Sarandi e Carazinho. Obras de implantação de terceiras faixas, revitalização da sinalização, conservação do pavimento e recuperação do sistema de drenagem são algumas das melhorias em execução entre o km 135 e km 180.

Espírito Santo

Manutenção na Ponte do Príncipe, uma das estruturas mais importantes para o trânsito em Vitória, no Espírito Santo. As atividades englobam a recuperação dos blocos de coroamento das estacas, a instalação das pingadeiras de elastômero e a recomposição das juntas de dilatação, além de outros serviços de manutenção.

A Ponte do Príncipe ou Segunda Ponte, como é popularmente conhecida, fica próxima à rodoviária de Vitória. A estrutura dá acesso à BR-262/ES e é responsável pela ligação entre Vitória, Vila Velha e Cariacica.

Mato Grosso do Sul

Restauração do trecho entre os municípios de Três Lagoas e Água Clara na BR-262/MS. Equipes do DNIT executam a terceira faixa da estrada nas proximidades do km 62. No total, serão implantados mais de 30 quilômetros de terceiras faixas ao longo deste segmento da BR-262/MS, melhorando, assim, a fluidez do tráfego de veículos e garantindo mais segurança aos usuários da rodovia federal.

Goiás

Iniciada, na última segunda-feira (11), a execução de obras de manutenção rodoviária em 50 Obras de Arte Especiais (OAEs) – 35 pontes e 15 viadutos, localizadas na BR-070/GO, na BR-153/GO e na BR-414/GO, no estado de Goiás. 

As obras englobam os mais variados serviços de manutenção, como limpeza das estruturas, reparo das juntas, limpeza dos sistemas de drenagem, além de pintura.

Algumas das cidades que serão beneficiadas com os serviços: Anápolis, Águas Lindas de Goiás, Corumbá de Goiás, Cocalzinho de Goiás, Jaraguá, Rianápolis, Ceres e Itaberaí.

Paraná

Obras de duplicação da BR-163/PR. A rodovia federal é um dos principais eixos logísticos para o escoamento de produtos dos estados do Paraná e do Mato Grosso do Sul, permitindo o acesso aos portos de Paranaguá (PR) e Itajaí (SC).

A rodovia está sendo duplicada em dois segmentos. O primeiro é entre Cascavel e Marmelândia, com extensão total de 74 km e que já está com 20,18 km liberados para o tráfego, entre a BR-277/PR e o distrito de Santa Maria. O segundo trecho é entre Toledo e Marechal Cândido Rondon.

Santa Catarina

Construção de faixas adicionais (3ª faixa) na BR-282 e início da restauração do pavimento nos trechos localizados entre Nova Erechim e Saudades, e entre Descanso e São Miguel do Oeste.

O projeto em execução prevê a implantação de 32,60 quilômetros de faixas adicionais, a restauração do pavimento ao longo dos 160,50 km dessas rodovias, melhorias nos dispositivos de drenagem, implantação de interseções e correções em pontos de instabilidade da estrutura da rodovia.

Fonte gov.br

Ajude-nos a levar o jornalismo independente a todas as partes!

Graças ao apoio de leitores como você, é possível realizar um excelente trabalho jornalístico de pesquisa e investigação, oferecendo um serviço sério de alta qualidade com imprensa livre e jornalismo independente.

Em uma época em que notícias falsas e distorcidas estão em todas partes, seu apoio é vital para o bom desenvolvimento da informação.

Entre no link abaixo e nos ajude a continuar o nosso trabalho com informações gerais que podem ser lidos por toda a família em uma abordagem que prima pela ética e pelo respeito.

Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments