Cuiabá/MT– A Polícia Federal prendeu em flagrante nesta quinta-feira (21/5) um homem, por parcelar irregularmente solo para fins urbanos, prática conhecida como “grilagem”. A prisão foi efetuada durante operação realizada na Área de Proteção Permanente do Rio Araguaia, em Araguaiana/MT, nas regiões conhecidas como Volta Grande, Cachoeirinha e Cachoeira Grande.

As investigações conduzidas pela Polícia Federal apontam que o indiciado estaria comercializando 51 frações irregulares (lotes) sem qualquer título, possibilitando o cometimento de diversos crimes ambientais. A área é ambientalmente protegida e de interesse direto da União.

 A PF alerta que diversas pessoas são investigadas por práticas semelhantes em aproximadamente 160 pontos identificados, cujos danos ao meio ambiente e ordenamento urbano equilibrado são drásticos.

As diligências policiais federais serão contínuas, com possibilidade de outras prisões nos próximos dias.

Comunicação Social da Polícia Federal em Mato Grosso

Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments