Foi realizada, nesta sexta-feira (22), na Ala 9, em Belém (PA), uma homenagem alusiva ao Dia da Aviação de Patrulha, data que celebra o Batismo de Fogo da Força Aérea Brasileira (FAB). Esse tributo faz alusão aos nobres tripulantes de Patrulha que, desde o dia 22 de maio de 1942 até os dias de hoje, dedicaram e dedicam suas vidas ao engrandecimento da FAB e à soberania da Pátria. A cerimônia foi presidida pelo Comandante da Ala 9, Brigadeiro do Ar Leonardo Chaves Rodrigues.

Durante a cerimônia, o Comandante do Terceiro Esquadrão do Sétimo Grupo de Aviação (3°/7°GAV) – Esquadrão Netuno, Tenente-Coronel Aviador Marcos Okiyama,  fez a aposição de uma coroa de flores no Busto do Patrono da Aviação de Patrulha, Major-Brigadeiro do Ar Dionísio Cerqueira de Taunay. “É uma forma simbólica de reafirmarmos a importância de todos os tripulantes da Aviação de Patrulha de nossa Força Aérea que, desde a II Guerra Mundial até os dias atuais, devotaram e devotam amor e dedicação ao Brasil, independentemente das adversidades existentes, superando obstáculos e agindo sempre com resiliência e dedicação”, disse.

“Em virtude dos  cuidados com relação à pandemia da COVID-19, a cerimônia contou com apenas uma equipagem composta por seis tripulantes, os quais representaram todos aqueles que continuam cumprindo com excelência as missões da Aviação de Patrulha no atual contexto da Força Aérea, frente aos novos desafios e em contínua busca pela máxima eficiência operacional”, completou o Tenente-Coronel Marcos.

Fonte: Portal de Imprensa da Força Aérea Brasileira

Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments