Ex-lateral marcou um dos gols na vitória, por 2 a 0, diante do América pelo segundo turno do Campeonato Paulista.

Há 25 anos, Roberto Carlos marcava o seu último gol com a camisa do Palmeiras. Integrante do time que quebrou um jejum de 16 anos sem títulos, o ex-lateral deixou a sua marca com a camisa alviverde antes de fazer história no futebol europeu pelo Real Madri e pela Seleção Brasileira.

Oriundo de Garça, interior de São Paulo, Roberto Carlos iniciou a sua trajetória no mundo da bola com a camisa do União São João, na temporada de 1991. No ano seguinte, chegou a atuar pelo Atlético-MG, mas não permaneceu em solo mineiro. O seu destino em 1993 seria o Palmeiras, onde marcaria o seu nome na galeria de grandes ídolos do clube.

Com a camisa do Palmeiras, Roberto Carlos participou do histórico elenco que derrubou um tabu de 16 anos sem títulos. Ao todo, pelo clube de Palestra Itália, o jogador levantou cinco taças: o bicampeonato brasileiro e paulista em 1993 e 1994, além do Torneio Rio-São Paulo, em 1993.

Durante a sua passagem pelo Palmeiras, Roberto Carlos atuou por 185 partidas, colecionando 114 vitórias, 42 empates e 29 derrotas, com 18 gols no total. O último dos 18 aconteceu exatamente há 25 anos, em vitória por 2 a 0, diante do América, pelo segundo turno do Campeonato Paulista de 1995.

Após deixar o Palmeiras, em 1995, atuou pela Internazionale-ITA, mas permaneceu por apenas um ano, acertando a sua ida ao Real Madri. De 1996 a 2007, Roberto Carlos fez história com a camisa madrilenha, conquistando três Liga dos Campeões, duas vezes o Mundial de Clubes, e quatro campeonatos Espanhol.

Pela Seleção Brasileira, foi titular em três Copas do Mundo -1998, 2002 e 2006- alcançando o vice-campeonato mundial na França, em 1998, e o título na Coréia e Japão em 2002, escrevendo de vez o seu nome na galeria de grandes jogadores do futebol mundial. Ainda venceu duas edições de Copa América (1997 e 1999) e a Copa das Confederações (1997).

Roberto Carlos ainda retornaria ao futebol paulista, em 2009, quando atuou pelo Corinthians por um ano e meio até se acertar com Anzhi, da Rússia, antes de pendurar as chuteiras como atleta do Delhi Dynamus, da Índia.

Último gol

A última vez que Roberto Carlos foi às redes com a camisa do Palmeiras aconteceu no dia 22 de maio de 1995, pelo segundo turno do Campeonato Paulista. Na oportunidade, pouco mais de duas mil pessoas estiveram no antigo Palestra Itália para ver os donos da casa vencerem com gols dos laterais Índio e Roberto Carlos. O centroavante Magrão ainda desperdiçou um pênalti. O time alviverde avançaria para a fase final e faria a decisão contra o rival Corinthians. Após dois empates, o Alvinegro conquistou o título na prorrogação com gol de Elivélton.

Ficha técnica:
Palmeiras 2 x 0 América
Competição: Campeonato Paulista – Segundo Turno;
Local: 
Parque Antárctica, em São Paulo;
Data: 23 de maio de 1995;
Renda: R$ 20.652,00;
Público: 2.361;
Árbitro: João Paulo Araújo;
Cartão Amarelo: Roberto Carlos.
Gols: Índio (37 do 1º Tempo) e Roberto Carlos (45 do 2º Tempo).

Palmeiras: Velloso, Índio, Antônio Carlos, Cléber e Roberto Carlos; Amaral, Mancuso, Flávio Conceição e Rivaldo; Maurílio (Paulo Isidoro) e Magrão (Lozano). Técnico: Márcio Araújo.

América: William, Renato Cruz, Renato Carioca, Davi (Marcelo) e Róbinson; Serginho Carioca, Edinan, Roberto Alves e Coutinho (Leonardo); Dílson (Sandro) e Élder. Técnico: Júlio César Leal.

Foto: Alexandre Battibugli/Placar
Fonte: FPF

Quando começamos o Press Periódico para tentar trazer a verdade para o resto do mundo, sabíamos que seria um grande desafio. Mas fomos recompensados pela incrível quantidade de suporte e feedback dos leitores que nos fizeram crescer e melhorar.
Faça parte da missão de espalhar a verdade! Ajude-nos a combater as tentativas de silenciar nossas vozes e torne-se um assinante.

Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments

Comments are closed.