O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por meio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), lança, nesta segunda-feira (25), o aplicativo Sinesp Agente de Campo. Trata-se de uma ferramenta digital, rápida e gratuita para acesso policial imediato a mandados de prisão e para busca nacional de veículos roubados, entre outras operações cotidianas das polícias.

A modalidade inédita começa a funcionar de imediato, com objetivo de agilizar o trabalho de, inicialmente, policiais que atuam nas ruas do Pará, de Tocantins e do Acre. A previsão é, após a fase de teste, estender o uso do aplicativo para todo o país.

Na prática, o aplicativo oferece as seguintes funcionalidades: pesquisa de boletins de ocorrência, acesso a mandados de prisão e consulta de veículos (por exemplo, situação de multas e até alerta de que o carro foi roubado). Em breve, novas funções estarão disponíveis, assim que concluída a primeira fase de implantação, na qual os policiais foram selecionados pelos estados.

No período de teste, que vai até junho, os usuários poderão reportar, pelo próprio aplicativo, eventuais ajustes que considerem relevantes. Na segunda fase, os policiais serão cadastrados pelos respectivos estados.

A ferramenta é direcionada para agentes de segurança pública que têm maior demanda de consulta. De acordo com o diretor de Gestão e Integração da Informação da Senasp/MJSP, Wellington Silva, a ferramenta agiliza o trabalho de quem está em campo: “O aplicativo permite que o policial que está na ponta receba informações em tempo real. É um grande ganho de agilidade e rapidez no atendimento à população, na oferta de serviços públicos efetivos de segurança e na elucidação de crimes, melhorando o tempo de resposta da polícia”.

No caso dos veículos, pode-se fazer consulta detalhada por dados como nome do proprietário, placa e chassi. Dados pessoais também terão o mesmo nível de detalhamento, assim como a consulta a boletins de ocorrência.

Segundo Wellington Silva, essa nova ferramenta aumenta os esforços do Ministério e dos estados em resultados mais eficientes no combate ao roubo de veículos. “O aplicativo faz parte de um grande projeto, chamado de Sinesp Big Data, que tem investimentos maciços voltados à integração e à análise de grandes volumes de dados na segurança pública de todo o país”, ressalta.

Investimento – O MJSP planeja investir, nos próximos três anos, R$ 32 milhões em infraestrutura digital, com objetivo de facilitar a integração e análise de grandes volumes de dados na segurança pública. Desde o ano passado, o Big Data Inteligência Artificial tem sido constantemente fortalecido com novas soluções e recursos de tecnologias, sem nenhum custo para os estados.

Fonte: Portal de Imprensa do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments

Comments are closed.