A atuação dos militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica na Operação Verde Brasil 2 não cessa. Mesmo nos fins de semana e em horários alternativos, os Comandos Conjuntos Príncipe da Beira, Barão de Melgaço e Marechal Soares de Andrea dão sequência às atividades que visam à prevenção e à repressão de delitos ambientais. Apenas no domingo (24), cerca de 100 veículos e 100 embarcações foram revistados, ao passo que mais de 500 metros cúbicos de madeira extraída irregularmente foram apreendidos. Um total de R$ 580.592,89 foi aplicado em multas.

Em Mato Grosso, o Comando Conjunto Barão de Melgaço patrulhou eixos rodoviários e estabeleceu pontos de checagem de veículos, por militares do 66º Batalhão de Infantaria Motorizado. A mesma atividade foi desenvolvida pelos efetivos dos 4º 6º e 61º Batalhões de Infantaria de Selva, subordinados ao Comando Conjunto Príncipe da Beira, em atuação nos Estados do Acre, Amazonas e Rondônia. Os militares ainda realizaram patrulhas fluviais nos rios da região. Já os 5º e 7º Batalhões de Engenharia de Construção transportam madeiras apreendidas até a capital acreana, sob a escolta do 17º Pelotão de Polícia do Exército.

O Comando Conjunto Marechal Soares de Andrea, no Pará, empregou a 6ª Companhia de Engenharia de Combate de Selva, o 1º Grupo de Artilharia de Campanha de Selva e o 52º Batalhão de Infantaria de Selva em atividades de conscientização ambiental para a população de Marabá. Também foram fiscalizadas serrarias e fazendas em outras localidades. O centro de Itaituba também teve a presença de atividades da Verde Brasil 2. O 53° Batalhão de Infantaria de Selva armou postos de bloqueio e controle de estradas para fiscalização ambiental.

Resultados

Até o momento, a Operação Verde Brasil 2 realizou inspeção naval em 405 embarcações, das quais 35 foram apreendidas. Os postos de bloqueio e controle de estradas vistoriaram 1,5 mil veículos, retendo 46 caminhões por irregularidades. Um total de 6,3 mil metros cúbicos de madeira ilegal também foi confiscado. Também foram apreendidos 23 maquinários pesados utilizados em atividades extrativistas, como tratores de esteira, escavadeiras e máquinas agrícolas.

Entre delitos não relacionados a crimes ambientais, a Operação também apreendeu 206 quilos de pasta base de cocaína e 123 quilos de maconha. Até agora, 29 pessoas foram presas e 94 multas e termos de infração foram aplicados, totalizando R$ 8.712.411,07.

Assessoria de Comunicação Social (Ascom)

Ministério da Defesa

Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments

Comments are closed.