Vemos governos, sejam municipais, estaduais entre outras esferas de poder direcionar atos, fazer lock downs (parada total de um determinado local), direcionar recursos, sem prévia análise, estudo de viabilidade, pesquisa de mercado e custo benefícios, condições básicas para qualquer investimento que se preze.

De igual forma temos um judiciário lento, mórbido, burocrático, ineficaz em buscar grande parte de direitos, e, como vemos pelo próprio STF, direitos são rasgados, esquecidos, subjugados em prol do poder e interesses ocultos e escusos. Isto não pode continuar.

Estamos vivendo novamente momentos de aberrações jurídicas de várias formas, onde o judiciário investiga, determina, julga, persegue quem o contraria ou critica. Estamos tendo as liberdades de expressão e posicionamento seriamente violadas e pode ser precedente para ter a sua liberdade violada de “forma legal (dentro da lei)” em breve. Como também a economia vai ladeira abaixo por leis, atos estaduais grotescos e que poderão causar mais mortes do que uma epidemia, pois a fome e a miséria aumentam abruptamente em um lapso curto.

Quanto às questões econômicas:

Dinheiro para fluir bem em sua vida é melhor que você aplique e não um governo. Misses defendeu muito esta ideia e nos ensinou muito neste molde… quanto mais Estado em sua vida, menos liberdade econômica terás, seja de poupar, investir e prosperar com aposentadoria própria que poderá fazer.

Os impostos são para gerar bem estar para todos, e não para dar privilégios ao funcionalismo público, ou carreiras de magistratura, promotoria, entre outros tantos órgãos existentes em nosso sistema atual. Uma breve crise por catástrofe natural, ou de saúde (uma pandemia), mesmo econômica mundial como se aproxima, pode lhe mostrar o quanto o funcionalismo é privilegiado em detrimento da iniciativa privada, pois empregos se dizimam com qualquer destes fatores.

Governadores e prefeitos estão rasgando nosso dinheiro suado, pois decretando estado de calamidade podem fazer dezenas de compras e “investimentos” sem seguirem a lei de licitações, que limita e faz um controle prévio contra corrupção e ilegalidades, bem como abuso de preços, etc.

O caos jurídico está implantado:

Como também judiciário serve para julgar quando provocado, seja por processos e atos delimitados pela legislação, o que não ocorre atualmente, pois fazem tudo o que “der na telha”, para justificar uma tal “democracia”, que no conceito técnico filosófico não se caracteriza por atos e fatos ocorridos ao longo dos últimos anos e, principalmente, nos meses derradeiros passados.

Há criações jurídicas neste Brasil república que foram feitas para privilegiar apenas alguns, como é o direito adquirido, que prevê direitos vitalícios sem méritos ou sem contrapartida, bem como sustentado economicamente pela população produtiva e que cria riquezas e empregos.

Também, estabilidade para determinadas classes, o que mesmo que seja totalmente ineficiente o indivíduo possui o direito adquirido de estabilidade, o que torna quase que intocável, sem pressão em produzir ou realizar bem seus serviços, o que torna a burocracia e o custo benefício impagáveis pelo contribuinte que pode perder seu emprego a qualquer momento por crises, entre outros fatores.

Temos um crescimento do déficit com folha de pagamentos, nos últimos anos, de aproximadamente 20% do PIB com relação ao que se gastava em menos de 8 a 10 anos (hoje é em torno de 11% do PIB o custo total) e, ainda, crescimento de 100% em 30 anos, ou seja, dobramos o número de funcionários públicos e da máquina burocrática, porém não revertemos isto em produtividade, riquezas, bem estar, prosperidade para todos, mas tornou-se mais evidente que tudo isso foi direcionado para poucos. Este dois assuntos, econômico e jurídico por vezes se misturam, pelas razões brevemente ora postas, porém precisamos tratar disto, onde todos possam ter, fazer e ser. Mais em breve!

Imagem em destaque: jggn

Quando começamos o Press Periódico para tentar trazer a verdade para o resto do mundo, sabíamos que seria um grande desafio. Mas fomos recompensados pela incrível quantidade de suporte e feedback dos leitores que nos fizeram crescer e melhorar.

Faça parte da missão de espalhar a verdade! Ajude-nos a combater tentativas de silenciar nossas vozes torne-se um assinante, clicando no banner acima. Muito conhecimento para sua VIDA!

– 7 DIAS GRATUITO.

– US 1,00 mensal apenas.

– US 10,00 anual (com todos os benefícios nesta opção, press, magazine, artigos científicos diversos, entre outros acessos).

Aproveite e experimente por 7 dias gratuitos.

Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments

Comments are closed.