PF desarticula grupo criminoso de tráfico internacional de armas e drogas

PF desarticula grupo criminoso de tráfico internacional de armas e drogas

Foz do Iguaçu/PR – A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira, 4/6, a Operação Pescador, objetivando desarticular organização criminosa voltada ao tráfico internacional de armas e drogas e associações criminosas que se dedicam a crimes de roubo na região de Foz do Iguaçu/PR, especialmente de mercadorias na região de Vila Portes próximo a Ponte Internacional da Amizade.

Participaram da deflagração 30 policiais federais, que estão dando cumprimento a 12 mandados de prisão preventiva, 3 mandados de prisão temporária e 6 mandados de busca e apreensão, nos estados do Paraná e de Minas Gerais. Todas as ordens judiciais foram expedidas pela Justiça Federal de Foz do Iguaçu/PR. Sete dos envolvidos já estavam presos e os mandados foram cumpridos no próprio presídio. 

A investigação iniciou depois de grande apreensão de maconha feita pela Polícia Federal no Rio Paraná e durou aproximadamente 11 meses. No decorrer desse período, a PF identificou diversos fatos criminosos praticados pelo grupo, realizando apreensões de munições de diversos calibres, de armas e de mais de meia tonelada de drogas trazidas do Paraguai para território brasileiro. Também foram realizadas diversas prisões em flagrante de suspeitos de cometer assaltos em Foz do Iguaçu/PR.

Os integrantes do grupo levam uma vida totalmente dedicada ao crime, com uma extensa ficha criminal constando passagens por tráfico de drogas, roubos e até homicídio. Embora atuem principalmente na região de Foz do Iguaçu/PR, foram identificados outros envolvidos nas atividades criminosas da organização também no Estado de Minas Gerais e em Ciudad del Este/PY.

Com base em tudo que foi apurado, os investigados serão indiciados e responderão judicialmente, na medida da sua culpabilidade, pelos crimes de organização criminosa, associação criminosa, roubo majorado, tráfico internacional de armas e drogas, associação para o tráfico e também corrupção de menores.


Comunicação Social da Polícia Federal em Foz do Iguaçu

Print Friendly, PDF & Email