Esportes

Brasil goleava a China pela Copa do Mundo há 18 anos

A Seleção Brasileira construiu um placar de 4 a 0 para praticamente garantir sua vaga nas oitavas de final do Mundial.

Exatamente 18 anos atrás, no dia 8 de junho de 2002, o Brasil goleava a China por 4 a 0 e continuava sua caminhada rumo ao pentacampeonato mundial. Em uma excelente atuação coletiva, os chineses não tiveram chance algum contra a equipe comandada por Ronaldo e Rivaldo.

Pré-jogo

Cinco dias antes da partida válida pela segunda rodada do Grupo C, o Brasil já havia vencido a Turquia por 2 a 1. Após garantir os três primeiros pontos contra os turcos, a seleção visava novamente a vitória para praticamente garantir sua classificação para as fases agudas da Copa do Mundo. Na estreia, Ronaldo e Rivaldo brilharam com um gol cada. Hasan Sas descontou para o time europeu.

A partida

Jogando de forma tranquila e equilibrada, o Brasil não teve dificuldades para abrir o placar e construir o resultado. Apesar da tranquilidade, quem começou pressionando foram os chineses, que tiveram duas boas chances logo nos 10 primeiros minutos, mas que foram bem controladas pela defesa brasileira.

Aos 15 minutos, o Brasil começou a naturalmente tomar conta da partida, transformando seu domínio em gol. Roberto Carlos, no seu potente chute de esquerda, abriu o placar em falta que estufou as redes do canto direito do goleiro chinês. Quatro minutos depois, outra boa chance do Brasil: Cafu avançou pela direita e chutou forte para a defesa do goleiro.

Não demorou muito para o time canarinho voltar a marcar. Em novo avanço de Cafu, o lateral cruzou para Ronaldinho, que lançou com perfeição para Rivaldo apenas estufar as redes chinesas. Já no final da segunda etapa, o terceiro gol –cobrança de pênalti de Ronaldinho Gaúcho no canto direito, liquidando de vez a partida.

No segundo tempo, mais demonstração de qualidade da Seleção Brasileira. Aos 9 minutos, Rivaldo lançou Cafu, que cruzou rasteiro para Ronaldo deixar sua marca. O Brasil continuou desperdiçando chances, até que naturalmente começou a relaxar no jogo. A China aproveitou para tentar diminuir a goleada, chegando com um perigoso chute na trave aos 16 minutos e aos 24, obrigou Marcos a fazer uma boa defesa em uma finalização.

Aos 25, o Brasil perdeu a chance de fazer o quinto gol, após Ronaldo desperdiçar boa chance dentro da área, em finalização defendida pelo goleiro. O decorrer do jogo não teve grandes emoções, terminando 4 a 0 em uma boa exibição do Brasil.

Ficha técnica

Brasil 4 x 0 China (2º jogo – Copa do Mundo 2002)
Local: Jeju Stadium, na Coreia do Sul;
Público: 36.750;
Juiz: Anders Frisk (Suécia);
Cartões amarelos: 23′ – Ronaldinho; 69′ – Roque Júnior;
Gols: 15′ – Roberto Carlos; 32′ – Rivaldo; 45′ – Ronaldinho (Pênalti); 55′ – Ronaldo.

Brasil: Marcos, Cafu, Lucio, Roque Junior, Roberto Carlos, Gilberto Silva, Ronaldo (Edilson), Rivaldo, Ronaldinho (Denílson), Juninho (Ricardinho), Anderson Polga. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

China: Jiang Jin, Wu Chenying, Li Tie, Ma Mingyu (Yang Pu), Hao Haidong (Qu Bo), Li Weifeng, Zhao Junze, Du Wei, Li Xiaopeng, Qi Hong (Shao Jiayi), Xu Yunlong. Técnico: Bora Milutinovic.

Fonte: FPF

Quando começamos o Press Periódico para tentar trazer a verdade para o resto do mundo, sabíamos que seria um grande desafio. Mas fomos recompensados pela incrível quantidade de suporte e feedback dos leitores que nos fizeram crescer e melhorar.
Faça parte da missão de espalhar a verdade! Ajude-nos a combater as tentativas de silenciar nossas vozes e torne-se um assinante.

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo