São Paulo: Imesc alerta sobre os problemas ortopédicos decorrentes do home office

São Paulo: Imesc alerta sobre os problemas ortopédicos decorrentes do home office

Deixar o celular na altura dos olhos ou apoiar a coluna no encosto da cadeira são boas medidas para evitar ocorrências do gênero.

Com a adoção do isolamento social por conta do coronavírus, parte da população teve de se adaptar de um dia para o outro a um novo sistema de trabalho: o home office. Neste formato, os colaboradores precisaram improvisar um escritório dentro de casa e a falta de ergonomia durante o trabalho pode acarretar diferentes problemas ortopédicos.

Para esclarecer a população, a Secretaria da Justiça e Cidadania e o Instituto de Medicina Social e de Criminologia de São Paulo (IMESC), autarquia vinculada à Pasta, promoveu um encontro virtual para debater o tema com o ortopedista e perito do Imesc Jonas Aparecido Borracini. “Às vezes, uma dor de cabeça pode ter ligação com a postura”, alertou. “O sedentarismo também é outro fator de alerta neste momento de home office. Além disso, tem a falta da ergometria adequada”.

O ortopedista também deu dicas simples para evitar o problema. “Procure deixar o celular na altura dos olhos, apoie a coluna no encosto da cadeira. Para quem é mais baixo, a saída é colocar um travesseiro para facilitar, além disso deixe seu joelho sempre em 90º graus”, disse.

Fonte: Governo de São Paulo

Quando começamos o Press Periódico para tentar trazer a verdade para o resto do mundo, sabíamos que seria um grande desafio. Mas fomos recompensados pela incrível quantidade de suporte e feedback dos leitores que nos fizeram crescer e melhorar.
Faça parte da missão de espalhar a verdade! Ajude-nos a combater as tentativas de silenciar nossas vozes e torne-se um assinante.

Print Friendly, PDF & Email