Fábio Faria toma posse no Ministério das Comunicações

Fábio Faria toma posse no Ministério das Comunicações

Segundo ele, é prioritário promover a inclusão digital porque ainda há uma grande parcela da população sem acesso à internet.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, deu posse, nesta quarta-feira (17), ao ministro das Comunicações, Fabio Faria. A cerimônia ocorreu em Brasília, no Palácio do Planalto.

Em seu discurso de posse, Faria disse que é prioritário avançar no processo de inclusão digital no País. E destacou o papel fundamental que as tecnologias e as comunicações assumiram com a pandemia do novo coronavírus. Citou as aulas online, as reuniões de trabalho feitas por vídeoconferência, o trabalho de casa usando a internet, a telemedicina e o avanço do comércio eletrônico.

“É prioritário, no entanto, fazer o processo de inclusão digital andar a passos largos porque ainda há uma grande parcela da população sem acesso à internet. Milhões de crianças que não conseguem assistir às aulas online e adultos que não tem como trabalhar remotamente”, disse.

O ministro ressaltou ainda que o momento pede abertura ao diálogo e um “armistício patriótico”. “É preciso, sobretudo, respeito e que deixemos as nossas diferenças políticas ideológicas de lado para enfrentarmos esse inimigo invisível comum que, lamentavelmente, tem tirado a vida de milhares de pessoas e gerado danos incalculáveis a economia”, disse. “Que o amor pelo Brasil possa nos unir como brasileiros”.

Fábio Faria disse que os desafios da pasta serão enfrentados com o trabalho das secretarias do ministério e das empresas que estão sob seu comando. “Um desses desafios é democratizar o acesso às tecnologias de vanguarda da comunicação, de modo a conectar todos os cidadãos na chamada sociedade da informação”, afirmou.

O ministro citou a importância de implementar o 5G, que representa a futura geração de telecomunicação móvel. Segundo ele, essa tecnologia terá impacto significativo na economia e no acesso ao conhecimento.

“A internet banda larga avança de maneira consistente e já tem o potencial de alcançar 80% dos lares brasileiros. Mas, a orientação do presidente Bolsonaro é que chegue a cada cidadão desse País. Passo fundamental para esse objetivo é a implementação da infraestrutura para o 5G que permitirá uma banda larga móvel de altíssima potência e qualidade”, afirmou o ministro.

A pasta assumida por Fábio Faria foi recriada a partir do desmembramento do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. A decisão foi tomada pelo presidente Jair Bolsonaro no último dia 11.

Na cerimônia, o presidente Bolsonaro também assinou o termo de posse de Marcos Pontes que continuará com o comando do Ministério das Ciências, Tecnologias e Inovações

Estrutura

A nova pasta tem a atribuição de cuidar das políticas nacionais de telecomunicações, de radiodifusão e dos serviços postais. Agrega a Secretaria Especial de Comunicação Social, antes na Secretaria de Governo da Presidência da República, além das secretarias de Radiodifusão e Telecomunicações.

Também estão sob o comando do ministério a Telebras, Correios, Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e a Empresa Brasil de Comunicações (EBC).

Novo ministro

Fábio Salustino Mesquita de Faria chegou ao Congresso Nacional antes de completar 30 anos, quando foi eleito em 2006 para deputado federal pelo estado do Rio Grande do Norte. O novo ministro está em seu quarto mandato pelo estado. Antes de assumir o ministério era também terceiro-secretário da mesa diretora da Câmara.

Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Somos o DUNA PRESS JORNAL. Uma Agência de Notícia On-Line, trabalhando com informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e pelo respeito ao leitor. Clique aqui e torne-se um assinante de nosso jornal.

Print Friendly, PDF & Email