News

São Paulo: Doença Falciforme pode ser identificada com o teste do pezinho

Compartilhar

Exame deve ser feito nos bebês logo após o nascimento.

Estabelecido pela Organização das Nações Unidas (ONU), o dia 19 de junho é a data para conscientizar a população sobre os riscos da Doença Falciforme. Trata-se da alteração de dois genes hereditários que pode ser detectada em um exame que deve ser feito em todos os recém-nascidos: o teste do pezinho.

Uma simples picadinha no calcanhar do bebê identifica essa e outras doenças. No entanto, se não for feito ao nascer, o diagnóstico da doença Falciforme, anomalia na estrutura da hemoglobina, pode ser realizado pelo exame de eletroforese de hemoglobina, nas UBS. Busca Saúde.

De origem hereditária, a Doença Falciforme é uma anemia que se desenvolve a partir da mutação do gene porém, se identificada em um dos pais, não se manifestará na criança, que será portadora do traço falciforme. É a anomalia genética mais comum no Brasil e no mundo. Estima-se que em São Paulo a Doença Falciforme afete um a cada 4 mil nascidos vivos.

A enfermeira sanitarista, especialista em epidemiologia dos serviços de saúde e coordenadora da Área Técnica da Saúde da População Negra, Valdete Ferreira, enfatiza que essas pessoas devem ter acompanhamento constante de um hematologista e uma equipe multiprofissional. O tratamento utiliza medicações que são encontradas em centros de especialidades de responsabilidade do Estado e Atenção Básica. A cura é possível por meio de transplante alogênico de medula óssea. “Por muito tempo a doença esteve invisível, como consequência do racismo estrutural e institucional na sociedade. Essa doença chegou ao Brasil nos tempos da escravidão”, explica.

Saiba quais são os principais sintomas da doença Falciforme

• Anemia;
• Crises dolorosas;
• Infecções;
• Icterícia;
• Sequestro esplênico;
• Acidente vascular cerebral;
• Síndrome torácica aguda;
• Priapismo;
• Úlceras de perna;
• Alterações oculares;
• Insuficiência renal.

Fonte: Prefeitura de São Paulo

Quando começamos o Press Periódico para tentar trazer a verdade para o resto do mundo, sabíamos que seria um grande desafio. Mas fomos recompensados pela incrível quantidade de suporte e feedback dos leitores que nos fizeram crescer e melhorar.
Faça parte da missão de espalhar a verdade! Ajude-nos a combater as tentativas de silenciar nossas vozes e torne-se um assinante.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »