No Piauí, rede Ebserh, disponibiliza mais 65 leitos para tratamento da pandemia em hospital

No Piauí, rede Ebserh, disponibiliza mais 65 leitos para tratamento da pandemia em hospital

Ala Covid foi possível devido à liberação de R$ 7,9 milhões pela Ebserh e contratação de profissionais.

Teresina (PI) – O Hospital Universitário da Universidade Federal do Piauí (HU-UFPI), filiado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), já disponibilizou 65 leitos para atendimento a pacientes acometidos ou com suspeita de Covid-19. Desde que foi inaugurada, a ala Covid do HU-UFPI já disponibilizou 35 leitos de Enfermaria e 30 de terapia intensiva.

Para adequada organização interna destes leitos de enfermaria, de modo a não haver risco de contaminação dos demais pacientes internados nos outros postos do HU, foram definidos 18 leitos para triagem dos pacientes recém-admitidos e 17 leitos para casos confirmados de Covid-19, mas que foram encaminhados para tratamento de outras doenças agudas e crônicas.

A iniciativa foi possível devido à liberação de R$ 7,9 milhões pela Ebserh, valores que incluem a habilitação dos leitos feita pelo Ministério da Saúde, utilizados para a aquisição de equipamentos e insumos, além da contratação de pessoal por meio de processo seletivo emergencial, também realizado pela Ebserh. Desde abril deste ano, a Ebserh disponibilizou 163 vagas temporárias, com a contratação de 119 novos profissionais até agora para reforçar o quadro da equipe multiprofissional que presta assistência e cuidado aos pacientes com Covid-19.

O superintendente do HU-UFPI, José Miguel Parente, ressalta que essa ampliação resulta em um significativo reforço para as ações de enfrentamento à Covid-19 no Piauí. “Estamos ampliando a capacidade de assistência aos pacientes mais graves, tanto com novos leitos como com outras ações, a exemplo da contratação temporária de profissionais”, enfatiza.

Funcionamento

Os pacientes encaminhados para o Hospital Universitário são regulados pela Fundação Municipal de Saúde (FMS), não havendo demanda livre, com atendimento a pessoas que chegarem ao Hospital fora do sistema de Regulação. “Os pacientes são atendidos, inicialmente, nas unidades básicas de saúde e nos hospitais já definidos para o primeiro atendimento e, posteriormente, esses pacientes são encaminhados para o HU-UFPI, obedecendo ao sistema de regulação, operacionalizado pelo gestor do SUS em Teresina”, explica José Miguel Parente.

Atuação da Rede Ebserh

Além do apoio ao ensino, formação e capacitação das equipes assistenciais, a Rede Ebserh implementou o Comitê de Operações Especiais (COE) para definir estratégias e ações em nível nacional para o enfrentamento da pandemia. Desde os primeiros anúncios sobre a Covid-19, a Rede Ebserh tem trabalhado em parceria direta com os ministérios da Saúde e da Educação, com participação nos COEs desses órgãos, e tendo como diretrizes o monitoramento da situação no país e em suas 40 unidades hospitalares.

Tem atuado na realização de treinamento de funcionários da Rede, promoção de webaulas, definição de fluxos e instituição de câmaras técnicas de discussões com especialistas. Promoveu processos seletivos emergenciais com a possibilidade de contratação de aproximadamente 6 mil profissionais temporários para o enfrentamento da pandemia

Também disponibilizou R$ 274 milhões para ações contra o coronavírus, recursos do Ministério da Educação (MEC) liberados pela Ebserh de acordo com a necessidade e urgência de cada unidade hospitalar. A verba está sendo utilizada em adequação da infraestrutura, aquisição e manutenção de equipamentos, compra de medicamentos e outros insumos, além de equipamentos de proteção individual.

Em algumas regiões, as unidades da Rede Ebserh têm atuado como hospitais de referência ao enfrentamento do Covid-19, enquanto que em outras, atuam como retaguarda em atendimentos assistenciais para a população, por meio do Sistema Único de Saúde.

Fonte: gov.br/mec / Imagem em destaque: ebc

Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Somos o DUNA PRESS JORNAL. Uma Agência de Notícia On-Line, trabalhando com informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e pelo respeito ao leitor. Torne-se um assinante de nosso jornal clicando no banner abaixo:

– U$ 1,00 mensal

– U$ 10,00 anual (com todos os benefícios nesta opção – Press, Magazine, artigos científicos diversos, entre outros acessos)

Print Friendly, PDF & Email