Ministério da Educação vai usar blockchain no combate ao coronavírus

Ministério da Educação vai  usar blockchain no combate ao coronavírus

O Ministério da Educação, por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) vai apoiar o desenvolvimento de uma pesquisa que usa blockchain no combate ao coronavírus.

O trabalho intitulado “MinhaSaúdeDigital: Modelo Inteligente de Blockchain para Informações de Saúde e Interação com Pacientes no âmbito da COVID-19” foi selecionado dentro do edital da CAPES –  Telemedicina e Análise de Dados Médicos.

De autoria de Cristiano André da Costa, da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), a pesquisa pretende mostrar como o uso de blockchain pode auxiliar no monitoramento e identificação de uma resposta melhor no combate a Covid-19.

CAPES

Para a conclusão do projeto, Cristiano deve receber um apoio de R$ 100 mil do CAPES.

No total o CAPES deve aportar até R$ 14.581.600,00 em diversos projetos de pesquisa que buscam identificar formas de combater e controlar o coronavírus

A iniciativa do CAPES faz parte do Programa Estratégico Emergencial de Combate a Surtos, Endemias, Epidemias e Pandemias.

Conforme divulgou a instituição o objetivo de apoiar projetos de pesquisa científica e tecnológica voltados exclusivamente ao desenvolvimento de estudos, procedimentos e inovações tecnológicas em telemedicina e análise de dados médicos para o enfrentamento da pandemia da COViD-19 e temas correlatos.

Fonte: Cointelegraph

Imagem em destaque: Pixabay

Print Friendly, PDF & Email