São Paulo: Sala virtual incentiva o hábito da leitura por parte de estudantes de escola estadual

São Paulo: Sala virtual incentiva o hábito da leitura por parte de estudantes de escola estadual

Histórias são relacionadas a projetos interdisciplinares; depois da ação, alunos respondem questões sobre a interpretação do texto.

Com o objetivo de contribuir com a aprendizagem dos alunos e pensando como a leitura permite vivenciar histórias sem sair de casa, a professora Roseli Almeida, da Escola Estadual MMDC, na capital, tem disponibilizado vários conteúdos literários na sala de leitura virtual da unidade.

São arquivos em formato PDF, links e podcasts para que os alunos dos anos finais do Ensino Fundamental e os do Ensino Médio possam fazer interpretação dos livros e responder questões propostas via Google Formulários. Cada história também é relacionada a uma ação interdisciplinar, como o projeto sobre ‘plantas saudáveis, alimentos salutares’, realizado com as turmas de 6º e 7º ano.

Em comemoração ao Ano Internacional de Saúde Vegetal, celebrado em 2020, os estudantes iniciaram o projeto com a leitura do livro “Camilão, o comilão”. Na próxima etapa, que deve ter início no mês de julho, os jovens farão uma horta em garrafa pet.

Além de interagir com os alunos por meio da sala de leitura virtual, Roseli Almeida também integra o time de professores do Centro de Mídias da Educação de São Paulo (CMSP). Durante as aulas ao vivo, a docente faz a leitura de histórias para diversas turmas.

Fonte: Governo de São Paulo

Quando começamos o Press Periódico para tentar trazer a verdade para o resto do mundo, sabíamos que seria um grande desafio. Mas fomos recompensados pela incrível quantidade de suporte e feedback dos leitores que nos fizeram crescer e melhorar.
Faça parte da missão de espalhar a verdade! Ajude-nos a combater as tentativas de silenciar nossas vozes e torne-se um assinante.

Print Friendly, PDF & Email