O projeto é uma parceria entre a Universidade e a Prefeitura de Guarapauava, e é desenvolvido pela Clínica Escola de Fisioterapia, no Setor de Ciências da Saúde.

A Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) e a Prefeitura de Guarapuava firmaram parceria para reabilitação pulmonar de pacientes recuperados da Covid-19.

Iniciado na primeira semana de junho, o projeto é desenvolvido pela Clínica Escola de Fisioterapia (Cefisio), no Setor de Ciências da Saúde da instituição.

Os equipamentos de Espirometria e Bioimpedância e os exercitadores respiratórios usados no projeto foram adquiridos com aporte financeiro de R$ 17 mil viabilizado pela Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), do Governo do Estado.

“A Unicentro e Prefeitura de Guarapuava buscam minimizar os impactos do coronavírus por meio da parceria. A ação reforça o papel das nossas Universidades Estaduais em ações de conscientização, tratamento e acompanhamento das pessoas acometidas pela doença”, disse o superintendente da Seti, Aldo Bona.

A Covid-19 afeta os pulmões dos pacientes e, em algumas situações, causa alteração no sistema muscular, prejudicando a qualidade de vida dessas pessoas. “A reabilitação pulmonar prevê uma série de exercícios respiratórios e físicos, a fim de melhorar a condição respiratória e a capacidade física dos pacientes, reduzindo o cansaço físico e a falta de ar”, explica a professora do curso de Fisioterapia da Unicentro, Christiane Riedi Daniel, responsável pela coordenação do projeto.

As sessões de fisioterapia são feitas duas vezes por semana, sendo que o protocolo completo de reabilitação respiratória pode durar até oito semanas, com reavaliação contínua da condição clínica dos pacientes. “Na avaliação presencial, investigamos a função e a força respiratória, a capacidade física, a falta de ar e a fadiga, além das atividades de vida diária. Na reabilitação, são realizados exercícios específicos para a função respiratória, exercícios para melhora do condicionamento físico e força muscular”, destaca a professora Christiane.

A participação dos pacientes ocorre de forma voluntária e totalmente sigilosa. Até o momento, 32 pessoas estão sendo acompanhadas pelo projeto.  Na semana passada, sete pacientes foram submetidos a avaliação presencial. Dessas pessoas, duas tiveram indicação para reabilitação pulmonar, necessitando melhorar a condição funcional e respiratória.

CEFISIO – Em funcionamento desde 2005, a Clínica Escola de Fisioterapia da Unicentro oferece serviços gratuitos à comunidade, promovendo quase mil atendimentos mensais a pacientes encaminhados pela rede pública de saúde. Localizada no Câmpus Cedeteg, em Guarapuava, a Cefisio é considerada centro de referência em Fisioterapia na região centro-sul paranaense.

Os pacientes são atendidos por estudantes de graduação em Fisioterapia, sob a supervisão e orientação de professores do curso. Os atendimentos contemplam procedimentos em diversas áreas, como Ortopedia, Neurologia e Cardio-respiratória.

Na Cefisio também são desenvolvidos projetos de Pilates, Órtese e Prótese, entre outras atividades de extensão, desenvolvidas de forma integrada aos campos da pesquisa e do ensino.

Durante a pandemia, a clínica está atendendo por meio de agendamentos e visitas às residências para pacientes dos grupos de risco, respeitando as recomendações dos órgãos de saúde.

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Quando começamos o Press Periódico para tentar trazer a verdade para o resto do mundo, sabíamos que seria um grande desafio. Mas fomos recompensados pela incrível quantidade de suporte e feedback dos leitores que nos fizeram crescer e melhorar.
Faça parte da missão de espalhar a verdade! Ajude-nos a combater as tentativas de silenciar nossas vozes e torne-se um assinante.

Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments