Essenciais no combate à proliferação do coronavírus, equipamentos de proteção individual como máscaras passam a fazer parte dos produtos de vestuário com benefício fiscal de redução de base de cálculo e crédito presumido em Mato Grosso do Sul. 

Também entraram na relação de itens com incentivo as toucas de proteção, capas e materiais descartáveis e protetores de pés (propés), todos de tecido. 

O decreto, que já está em vigor, foi assinado pelo governador Reinaldo Azambuja e pelos secretários Felipe Mattos (Fazenda) e Jaime Elias Verruck (Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

O benefício vale para produtos industrializados em estabelecimentos localizados em Mato Grosso do Sul e é mais uma das medidas da administração estadual para combater a pandemia no estado, além de incentivar a manutenção e geração de empregos e renda.

Fonte: Governo do Mato Grosso do Sul

Quando começamos o Press Periódico para tentar trazer a verdade para o resto do mundo, sabíamos que seria um grande desafio. Mas fomos recompensados pela incrível quantidade de suporte e feedback dos leitores que nos fizeram crescer e melhorar.
Faça parte da missão de espalhar a verdade! Ajude-nos a combater as tentativas de silenciar nossas vozes e torne-se um assinante.

Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments