Com Mugello e Ímola em disputa por um lugar no calendário de 2020, com a Fórmula 1 buscando maximizar o número de corridas após as interrupções relacionadas ao coronavírus deste ano, Daniel Ricciardo, da Renault, manifestou seu apoio à inclusão de acompanhar o cronograma desta temporada.

Imola e Mugello realizaram testes de F1 na semana passada, com o AlphaTauri usando o antigo local do Grande Prêmio de San Marino – que Daniil Kvyat disse que “[merecia] retornar ao calendário da F1” – enquanto Ferrari seguia para a pista de Mugello de propriedade de sua empresa-mãe.

Após o teste da Ferrari, Sebastian Vettel descreveu Mugello , que nunca realizou uma corrida de F1 antes, como “espetacular”, acrescentando que “merece sediar um Grande Prêmio de Fórmula 1” – uma opinião que Ricciardo parecia concordar, quando perguntado durante uma sessão virtual. conferência de imprensa de pré-temporada sobre a perspectiva de correr em novos locais.

GettyImages-143768297.jpg
Ricciardo testou com a Toro Rosso em Mugello em 2012

Outro local em consideração é o Autódromo Internacional do Algarve, mais conhecido como Portimão, em Portugal. E embora o local também nunca tenha sediado um Grand Prix (embora tenha realizado as sessões de testes de inverno da F1 em 2009), é um circuito especial para Ricciardo desde seus primeiros dias de fórmula.

“Na verdade, tenho boas lembranças em Portimão”, disse Ricciardo. “Foi onde encerrei um campeonato da F3 [British International Formula 3 International Series de 2009] e foi um circuito que eu realmente gostei. Alguma boa elevação e muito boa, fluindo em curvas rápidas. Não estou desapontado se algum desses avanços, eu ficaria muito animado. Vou investir em um simulador doméstico ou algo para atualizar, mas estou bastante familiarizado com pelo menos [Mugello e Portimao]”.

GettyImages-84358007.jpg
A pista ondulante de Portimão recebeu os testes de inverno da F1 em 2009 – o mesmo ano em que Ricciardo garantiu a British F3 International Series no local

Enquanto isso, o companheiro de equipe de Ricciardo na Renault, Esteban Ocon, estava igualmente animado com a chance de correr em novas pistas, enquanto se prepara para voltar à linha de frente na F1 pela primeira vez desde 2018.

“É fantástico”, disse Ocon, “essas faixas são faixas que eu amo, circuitos da velha escola como Mugello ou Imola são faixas que eu corri há pouco tempo também, na Fórmula 3. Eu ainda tenho que aprender Portimão. Eu fiz muitas voltas, obviamente, no meu simulador doméstico, o que foi bom, mas estou feliz em fazer muitas corridas – e se é assim que podemos fazer mais no futuro, então é fantástico”.

Ricciardo e Ocon se familiarizaram com as demandas da F1 recentemente, seguindo para a pista do Red Bull Ring no início deste mês para testar um Renault RS18 2018 antes da abertura da temporada do Grande Prêmio da Áustria na mesma local, de 3 a 5 de julho.

Fonte: Fórmula 1

Quando começamos o Press Periódico para tentar trazer a verdade para o resto do mundo, sabíamos que seria um grande desafio. Mas fomos recompensados pela incrível quantidade de suporte e feedback dos leitores que nos fizeram crescer e melhorar.
Faça parte da missão de espalhar a verdade! Ajude-nos a combater as tentativas de silenciar nossas vozes e torne-se um assinante.

Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments