Unesp: Curso orienta docentes a ministrar disciplinas de pós em inglês

Unesp: Curso orienta docentes a ministrar disciplinas de pós em inglês

Iniciativa da Universidade Estadual Paulista em parceria com instituição australiana está com o edital aberto.

O Programa de Língua Inglesa da Universidade Estadual Paulista (Unesp) e a Pró-Reitoria de Pós-Graduação (ProPG) lançam a chamada para o curso Content and Language Integrated Learning (CLIL), que este ano será ministrado online por especialistas da Universidade de Queensland (UQ), da Austrália. O objetivo da iniciativa é fortalecer o processo de internacionalização dos programas de pós-graduação, por meio da oferta de disciplinas em língua inglesa.

O edital está disponível na página da ProPG. A habilitação do sistema online para inscrições ocorrerá em 6 de julho e a data-limite para envio da proposta é 14 de agosto. O edital conta com o apoio do Convênio Unesp-Santander.

A abordagem CLIL é utilizada em universidades no mundo todo e tem ênfase no ensino simultâneo de conteúdo e língua, por meio de estratégias dinâmicas de ensino e aprendizagem.

“Nossos workshops são práticos e interativos. Nós apresentamos técnicas, propomos uma reflexão sobre essas experiências e, principalmente, demonstramos esse aprendizado na prática”, destaca Martin Dutton, um dos professores australianos responsáveis pelo curso, ao Portal da Unesp.

Seleção

Em 2019, o curso foi oferecido pela primeira vez pela Unesp e teve como resultado o oferecimento de 19 disciplinas ministradas em língua inglesa, além de outras programadas para o triênio 2019-2021.

Três dos docentes que participaram do treinamento foram selecionados para visitarem a Universidade de Queensland e ampliar parcerias acadêmicas e científicas, em linha com a proposta do projeto da Unesp no programa CAPES-PrInt.

No início deste ano, a equipe do Institute of Continuing & TESOL Education (ICTE), da Universidade de Queensland, publicou um vídeo em que os professores da Unesp Douglas Consolo, Erick da Silva e Sérgio de Lima compartilham suas experiências sobre as atividades de formação na abordagem CLIL. Eles foram selecionados no edital anterior para realizarem um módulo complementar de CLIL na UQ. O ICTE é o centro da universidade australiana responsável pelo curso.

A professora Danielle Pedrolli, do campus de Araraquara da Unesp, também participou de um treinamento para a abordagem CLIL realizado no campus em 2019. Recentemente, a docente esteve na universidade australiana para o estabelecimento de uma parceria com a instituição no âmbito da Aliança Global em Bioeconomia, que também envolve a Universidade Técnica de Munique (TUM). Em um depoimento publicado no site da UQ, Danielle afirma que o curso foi uma excelente oportunidade para ampliar suas habilidades na comunicação.

Sobre o edital

Em virtude da pandemia de COVID-19 e da redução do modo presencial da mobilidade internacional, algumas mudanças tiveram que ser aplicadas em relação à primeira oferta. O curso deste ano será oferecido no formato online, com dois encontros semanais síncronos e atividades de leituras e planejamento de projetos assíncronos. Será possível adquirir estratégias de CLIL para aulas presenciais e online. Neste ano serão oferecidas 36 vagas, divididas em duas turmas de 18 alunos.

A carga horária será de 20 horas síncronas por turma, com dois encontros semanais, das 19h às 21h, e 20 horas de atividades assíncronas (leitura de textos, preparação de aulas em inglês e desenvolvimento de projetos). As propostas devem ser enviadas até o dia 14 de agosto e a previsão é que o curso tenha início no dia 24 de agosto.

“O diferencial do curso este ano é que as aulas serão ministradas online de maneira síncrona e assíncrona, por meio de reuniões com os professores da UQ e atividades de leituras e desenvolvimento de aulas em inglês. Acredito que, além da abordagem CLIL, os docentes conhecerão ferramentas que poderão usar em seus cursos presenciais e online, o que favorecerá a oferta de disciplinas em parcerias com docentes de universidades do exterior” diz a professora Paula Tavares Pinto, coordenadora do Programa de Língua Inglesa da Unesp.

Fonte: Governo de São Paulo

Quando começamos o Press Periódico para tentar trazer a verdade para o resto do mundo, sabíamos que seria um grande desafio. Mas fomos recompensados pela incrível quantidade de suporte e feedback dos leitores que nos fizeram crescer e melhorar.
Faça parte da missão de espalhar a verdade! Ajude-nos a combater as tentativas de silenciar nossas vozes e torne-se um assinante.

Print Friendly, PDF & Email