Esportes

Leclerc não “espera milagres” no GP da Áustria, com Ferrari “nem perto” das expectativas

O melhor tempo de volta de Charles Leclerc na qualificação do Grande Prêmio da Áustria foi 0,920s mais lento do que ele alcançou quando conquistou a pole no mesmo local no ano passado. Não é surpresa, então, que ele não esteja “esperando milagres” no domingo, depois que a equipe “nem chegou perto” de onde eles esperavam estar.

O chefe da equipe da Ferrari, Mattia Binotto, minimizou as expectativas no fim de semana depois que ele revelou que a equipe italiana estava planejando uma mudança “significativa” na direção do desenvolvimento – e, portanto, o novo carro não estaria pronto até a terceira rodada na Hungria.

Mas no sábado, depois de se classificar em sétimo no Red Bull Ring, com o companheiro de equipe Sebastian Vettel não conseguindo chegar ao Q3 e em décimo primeiro lugar, Leclerc admitiu que sua forma era pior do que o previsto.

“Infelizmente, é onde estamos no momento, então precisamos trabalhar e começar a construir um carro melhor para o futuro”, disse ele. “Não podemos ficar desmoralizados com o resultado de hoje, mas o resultado de hoje não é o que estávamos esperando, nem estamos perto de onde esperávamos estar”.

“Mas temos que continuar trabalhando em equipe, para tentar encontrar melhorias em todos os detalhes, pois isso pode fazer uma grande diferença, vendo o quão perto estamos todos”.

“É amanhã que podemos marcar pontos. Não esperamos milagres, eles não terão certeza, mas faremos o melhor que pudermos com o que temos e continuaremos a trabalhar o melhor possível para as próximas corridas”.

Espera-se que o clima fique mais quente até domingo, com a Ferrari geralmente mais forte na corrida do que na qualificação, por isso Leclerc espera que consiga resgatar algo do fim de semana – embora uma repetição de seu segundo lugar no ano passado pareça improvável.

“Existe a possibilidade de fazer melhor do que hoje, mas a Mercedes está fora de nosso alcance”, disse ele. “Vamos dar o nosso melhor, como pilotos e em equipe, e tentaremos chegar o mais longe possível”.

Fonte: Fórmula 1

Quando começamos o Press Periódico para tentar trazer a verdade para o resto do mundo, sabíamos que seria um grande desafio. Mas fomos recompensados pela incrível quantidade de suporte e feedback dos leitores que nos fizeram crescer e melhorar.
Faça parte da missão de espalhar a verdade! Ajude-nos a combater as tentativas de silenciar nossas vozes e torne-se um assinante.

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo