News

MS: 5.500 pacotes de cigarros foram apreendidos pelo DOF em uma residência durante a Operação Hórus

Policiais Militares do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na tarde de ontem, 5.500 pacotes de cigarros contrabandeados do Paraguai, que estavam em uma residência em Dourados.

A ação ocorreu em virtude da Operação Hórus, parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, durante um patrulhamento ostensivo no bairro Jardim Rasslem.

Os militares perceberam o momento em que um homem descarregava cigarros de um veículo GM Meriva, de cor preta. Ao perceber a presença policial, o homem de 46 anos de idade tentou fugir, mas foi detido. O segundo homem (27) foi detido na residência, onde haviam mais 4.250 pacotes de cigarros.

Os homens disseram aos policiais que os cigarros foram adquiridos no Paraguai para a revenda na região de Dourados. No Meriva estavam 1.250 pacotes.

A ocorrência foi registrada na Delegacia da Polícia Federal em Dourados, onde os dois homens detidos permaneceram à disposição da Polícia Judiciária.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Fonte: Polícia Militar do Mato Grosso do Sul

Quando começamos o Press Periódico para tentar trazer a verdade para o resto do mundo, sabíamos que seria um grande desafio. Mas fomos recompensados pela incrível quantidade de suporte e feedback dos leitores que nos fizeram crescer e melhorar.
Faça parte da missão de espalhar a verdade! Ajude-nos a combater as tentativas de silenciar nossas vozes e torne-se um assinante.

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo