Em São Carlos, hospital da Rede Ebserh, inaugura Centro de Material e Esterilização

Em São Carlos, hospital da Rede Ebserh, inaugura Centro de Material e Esterilização

A construção do CME é fruto de R$ 7,5 milhões investidos pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).


São Carlos (SP) – O Hospital Universitário da Universidade Federal de São Carlos, vinculado à Rede Ebserh (HU-UFSCar/Ebserh) inaugurou seu Centro de Material e Esterilização (CME). O novo setor é um importante serviço de apoio dentro da estrutura hospitalar que contribui para o trabalho de todas as equipes do HU e, consequentemente, para a qualidade do atendimento.

A construção do CME é fruto de R$ 7,5 milhões investidos pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), por meio do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), gerido pela estatal. No mesmo projeto, foi contemplada a construção do Centro Cirúrgico e dos dez leitos da Unidade de Terapia Intensiva do HU, que estão voltados, neste momento, ao atendimento de pacientes com Covid-19.

O CME tem 300 m² de área construída e conta com equipamentos modernos e de alta tecnologia, como lavadoras, secadora, autoclave e termodesinfectora. Para Ângela Leal, superintendente do HU-UFSCar, o CME é o coração do hospital. “Esta nova unidade moderna, com equipamentos de última geração nos prepara para as próximas expansões do HU”.

O espaço já está em funcionamento e realiza atividades de coleta dos materiais; pré-limpeza; limpeza; secagem; avaliação da integridade e funcionalidade dos materiais; preparo; desinfecção e/ou esterilização; armazenamento e distribuição dos produtos para a saúde para todas as unidades assistenciais do HU-UFSCar. Chegam ao novo Centro, todos os materiais de uso hospitalar que precisam de desinfecção, tais como, circuito respiratório, máscara de inalação e material cirúrgico.

A metodologia de trabalho da nova unidade, Lean Healthcare, prevê o desenvolvimento de atividades que agreguem valor e que reduzam o desperdício e o tempo de espera. Como unidade de apoio, a equipe do CME se desloca para a coleta dos materiais a serem processados e os distribui nas diferentes unidades do Hospital – normalmente, as equipes assistenciais precisariam sair de seus postos de trabalhos para entrega e retirada dos materiais no centro de esterilização.

“Desta forma, a equipe assistencial pode focar o seu tempo no atendimento direto ao paciente, e isso faz toda a diferença à instituição”, relata Renata Pagotti da Fonseca, chefe do CME e da Unidade de Cirurgia. Ela complementa que “o CME é essencial para promover uma assistência segura e de qualidade, garantindo a desinfecção e/ou esterilização dos materiais”. Todo o trabalho do CME segue as boas práticas de processamento de órgãos reguladores, como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Para Lucimar Retto, chefe do Setor de Apoio Diagnóstico e Terapêutico do HU-UFSCar, a instalação do CME acompanha o crescimento do Hospital e suas demandas. “Com a estrutura que tínhamos anteriormente, era possível atender a demanda de um hospital com, então, 54 leitos. Hoje, com a nova estrutura, o CME é capaz de atender o projeto de expansão do HU-UFSCar, que prevê a construção de mais leitos de internação, Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e Centro Cirúrgico”, aponta.

Sobre a Rede Ebserh

Desde outubro de 2014, o HU-UFSCar faz parte da Rede Ebserh. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Ebserh foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas.

Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Fonte: gov.br / Imagem em destaque: portalmec

Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Somos o DUNA PRESS JORNAL. Uma Agência de Notícia On-Line, trabalhando com informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e pelo respeito ao leitor. Torne-se um assinante de nosso jornal clicando no banner abaixo:

– U$ 1,00 mensal

– U$ 10,00 anual (com todos os benefícios nesta opção – Press, Magazine, artigos científicos diversos, entre outros acessos)

DUNA Press Jornal – Jornalismo Ético, Sério, Educativo e Informativo.

Print Friendly, PDF & Email