Comunidades quilombolas do Rio Grande do Sul são beneficiadas com 1.450 toneladas de calcário

Comunidades quilombolas do Rio Grande do Sul são beneficiadas com 1.450 toneladas de calcário

Cerca de 400 famílias de comunidades quilombolas do Rio Grande do Sul foram beneficiadas com o fornecimento de 1.450 toneladas de calcário dolomítico pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr). A ação integra o programa permanente da instituição Desenvolvimento e Apoio Socioeconômico de Comunidades Quilombolas.

O objetivo é atender às demandas produtivas, visando ao desenvolvimento sustentável, à segurança alimentar e à geração de renda nessas comunidades. A entrega já ocorreu nos municípios de Canguçu, Piratini, Morro Redondo e Aceguá. Nos próximos dias, os quilombolas de Caçapava do Sul receberão a carga.

Segundo o analista de políticas públicas agropecuário da Divisão Quilombola e Indígena da Seapdr, Henrique Ritter, a ideia do programa é apoiar empreendimentos coletivos para a geração de renda e incentivar projetos produtivos em comunidades quilombolas. “Uma das ações é disponibilizar insumos para correção do solo nas áreas de plantio para produção de alimentos, o que se efetivou pelo fornecimento do calcário dolomítico”, afirma.

Ritter explica que, para organizar a logística de recebimento e distribuição, a Seapdr articulou com as prefeituras e contou com o apoio e suporte dos técnicos da Emater/RS-Ascar na disponibilização de espaços para descarga e o posterior transbordo do calcário até as comunidades. “Essa foi uma primeira etapa. Queremos fornecer mais 1.450 toneladas para outras famílias”, esclarece.

Para o secretário Covatti Filho, o Estado cumpre, assim, o seu papel no apoio para o desenvolvimento de áreas cultiváveis nas comunidades quilombolas, proporcionando melhoria do solo, maior produção e, consequentemente, ganho de renda para essas famílias.

Fonte: Governo do Rio Grande do Sul

Quando começamos o Press Periódico para tentar trazer a verdade para o resto do mundo, sabíamos que seria um grande desafio. Mas fomos recompensados pela incrível quantidade de suporte e feedback dos leitores que nos fizeram crescer e melhorar.
Faça parte da missão de espalhar a verdade! Ajude-nos a combater as tentativas de silenciar nossas vozes e torne-se um assinante.

Print Friendly, PDF & Email