Lançado pelo Mec Plano de Integridade para promover gestão pública ética e responsável

Lançado pelo Mec Plano de Integridade para promover gestão pública ética e responsável

Medidas como capacitação e reorganização da estrutura de cargos e regimentos são parte do plano.

Incentivar e promover um ambiente ético, transparente e com responsabilidade. Para concretizar essas características na gestão pública, a partir dessa segunda-feira, 1º de junho, o Ministério da Educação (MEC) conta com um Plano de Integridade. Com ele, serão implementadas medidas para a política de integridade na gestão das políticas públicas de educação no país.

Entre as ações propostas no Plano, está o desenvolvimento de um programa de capacitação para servidores e funcionários do MEC sobre o tema. Eles receberão orientações práticas de como resolver questões relativas a dilemas éticos e à integridade, buscando ampliar a transparência das informações.

As medidas de integridade para prevenir, detectar e corrigir atos de corrupção ou fraude ainda contam com:

  • treinamentos em temas relacionados à integridade;
  • criação de canal de denúncias;
  • realização de campanhas voltadas a temas de integridade;
  • adoção de normas internas (políticas) sobre temas de integridade; e
  • análise de riscos à integridade.

Clique aqui e conheça o Plano de Implantação do Programa de Prevenção e resposta a riscos de integridade do Ministério da Educação.

O MEC já está com a mão na massa para implementar o Plano proposto. Já foi iniciada uma série de ações como a reorganização da estrutura organizacional; regimentos; instalação de comitês e comissões; promoção de boas práticas; e o fortalecimento de princípios éticos na gestão e execução de suas atividades.

A Assessoria Especial de Controle Interno (AECI) é a unidade responsável pela coordenação, estruturação, execução e monitoramento do Programa de Integridade no âmbito do Ministério.

Também fazem parte da construção e implantação do programa o Gabinete do Ministro, a Corregedoria, a Comissão de Ética e a Ouvidoria, articuladas e alinhadas estrategicamente com a Assessoria de Comunicação Social e a Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas do MEC. Todas as iniciativas também contam com o trabalho dos membros do Comitê de Governança, Integridade, Gestão de Riscos e Controles (CGIRC) e o Subcomitê Assessor de Governança, Integridade, Gestão de Riscos e Controle, criados para a implantação da Política de Integridade do MEC.

Todos podem contribuir para consolidar novos mecanismos de prevenção e enfrentamento à fraude, à corrupção, às irregularidades, aos desvios de conduta e a outros atos que afetem a boa gestão.

O Plano de Integridade lançado continuará sendo atualizado de acordo com as publicações de novos normativos como o Plano Estratégico Institucional do MEC 2020-2023.

Governança, Integridade e Gestão de Riscos – Também é possível encontrar a Política de Governança e o Plano de Integridade no novo portal do MEC: gov.br/mec.

Fonte: gov.br / Imagem em destaque: Faveni

Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Somos o DUNA PRESS JORNAL. Uma Agência de Notícia On-Line, trabalhando com informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e pelo respeito ao leitor. Torne-se um assinante de nosso jornal clicando no banner abaixo:

– U$ 1,00 mensal

– U$ 10,00 anual (com todos os benefícios nesta opção – Press, Magazine, artigos científicos diversos, entre outros acessos)

DUNA Press Jornal – Jornalismo Ético, Sério, Educativo e Informativo.

Print Friendly, PDF & Email