Espírito Santo: Trabalho do Incaper é apresentado como referência no Maranhão

Espírito Santo: Trabalho do Incaper é apresentado como referência no Maranhão

Como referência para universitários e futuros profissionais, o trabalho do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) foi apresentado a estudantes de agronomia da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). A apresentação é resultado de um trabalho em que os alunos tiveram como pesquisa as instituições que promovem assistência técnica e extensão rural no Brasil. O Incaper foi um dos grandes destaques em nível nacional das pesquisas entre os graduandos. 

O trabalho junto à agricultura familiar foi o tema central da palestra on-line realizada, nesta segunda-feira (03), aos estudantes universitários. A responsável pela apresentação do Instituto foi a diretora técnica do Incaper, Sheila Posse, que abordou os diversos trabalhos desenvolvidos. Foram apresentados dados e detalhamentos sobre pesquisa, assistência técnica e extensão rural do Incaper.

“Esse reconhecimento é visto no Brasil inteiro e até foge das nossas fronteiras, com o trabalho sendo apreciado internacionalmente. É um privilégio poder conversar com esses alunos e falar do trabalho do Instituto como referência para novos profissionais”, destacou Sheila Posse. 

O professor do curso de agronomia da UEMA, Paulo Catunda, foi quem realizou o convite ao Instituto, após o trabalho promovido na disciplina de Extensão e Associativismo Rural. “O Incaper apresenta resultados eficientes na extensão rural e atendimento ao produtor. Foi de muita importância a apresentação da atuação aos alunos, que tiveram a oportunidade de tirar dúvidas e conhecer melhor o trabalho desenvolvido pelo Instituto”, ressaltou Paulo Catunda. 

A gerente de Assistência Técnica e Extensão Rural (Gater) do Incaper, Jaqueline Sanz, reforçou o reconhecimento dos estudantes de agronomia da UEMA como um “orgulho e satisfação”. A gerente atribui o destaque nacional do Incaper à trajetória de atuação junto à agricultura familiar capixaba. “O Incaper sempre esteve próximo das necessidades do agricultor familiar construindo soluções tecnológicas e sociais. A integração da pesquisa, assistência técnica e extensão rural também é outra referência nacional na trajetória de atuação, que permite aos estudantes e futuros profissionais do setor terem o instituto como exemplo”, disse.

Outra atribuição, segundo a gerente de Gater, é a capilaridade do Instituto, presente em todos os municípios do Espírito Santo, o que permite um atendimento de maior qualidade e eficiência para a diversidade apresentada pelos agricultores capixabas. “A partir das demandas da agricultura familiar, são feitos planejamentos, levantamentos técnicos, pesquisas, respostas sustentáveis e soluções. Esse ciclo de participação, presente no dia a dia do agricultor, também explica o reconhecimento, além do profissionalismo e capacidade técnica do quadro de trabalhadores que compõe o Incaper”, completou Jaqueline Sanz.

Fonte: Governo do Espírito Santo

Quando começamos o Press Periódico para tentar trazer a verdade para o resto do mundo, sabíamos que seria um grande desafio. Mas fomos recompensados pela incrível quantidade de suporte e feedback dos leitores que nos fizeram crescer e melhorar.
Faça parte da missão de espalhar a verdade! Ajude-nos a combater as tentativas de silenciar nossas vozes e torne-se um assinante.

Print Friendly, PDF & Email