Estado de SP firma parceria nas áreas de petróleo, gás e energias renováveis

Estado de SP firma parceria nas áreas de petróleo, gás e energias renováveis

Protocolo de intenções visa à formação de profissionais para indústrias, promovendo sustentabilidade e preservação ambiental.

Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado (SIMA) assinou em 24 de julho um protocolo de intenções com a Associação Brasileira de Ensaios Não Destrutivos e Inspeção (Abendi) com o objetivo de promover a formação de profissionais que atuarão nas indústrias dos setores de petróleo, gás e energias renováveis, promovendo o desenvolvimento sustentável e a preservação ambiental. A cerimônia ocorreu na sede da SIMA, na capital.

A Abendi é uma Instituição Científica, Tecnológica e de Inovação (ICT), com experiência para realizar treinamentos, capacitação, qualificação e certificação de pessoas; promoção de workshops, eventos e feiras, projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação, gestão de projetos tecnológicos, edição de publicações técnicas e de veículos de comunicação, além de elaboração de normas técnicas e práticas.

Ações conjuntas

O protocolo de intenções é o primeiro passo na união de esforços entre as entidades para alavancar a Política Energética e de Petróleo e Gás do estado de São Paulo. O desenvolvimento de ações conjuntas, com a certificação de produtos, processos e sistemas, o diagnóstico estratégico e a gestão de projetos tecnológicos propiciarão a disseminação de conhecimentos e, consequentemente, a melhoria do ambiente de negócios do setor no território paulista.

“Estamos satisfeitos com essa parceria de grande valia com a Abendi, uma vez que os setores de gás, petróleo e energia são estratégicos para as políticas do Governo de São Paulo. São áreas fundamentais na geração de empregos e renda e na arrecadação de receitas como royalties e participação especial. A cooperação vai possibilitar diversas melhorias, especialmente, na qualificação de mão de obra”, afirmou o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido.

A SIMA, por meio da Coordenadoria de Petróleo, Gás e Mineração, atua no estímulo da geração de energia que utiliza gás natural, inclusive oriundo de aterros e/ou resíduos de saneamento, na expansão do sistema de distribuição do insumo e contribui na formulação de ações necessárias à expansão da oferta, em especial, no que se refere à redução das emissões de carbono e estímulo à competitividade. Além disso, desenvolve, coordena e estimula programas de aperfeiçoamento tecnológico no setor de mineração.

“Essa assinatura é fundamental porque estamos num momento vital para o gás, com a abertura do mercado e o PL 6.407/2013 [Nova Lei do Gás] em discussão no Congresso Nacional. A parceria vai nos possibilitar uma aproximação ainda maior com o setor e vai render frutos não só para o nosso estado, mas também para o país”, pontuou o subsecretário de Infraestrutura da SIMA, Glaucio Attorre Penna.

Oportunidades

Como exemplo dos benefícios da parceria, será possível identificar oportunidades de exploração de formas de energia com menos impacto ambiental, como a proveniente da cana-de-açúcar (bagaço, vinhaça e palha da cana), transformando os resíduos do processamento em biometano.

Os resultados são o desenvolvimento sustentável e a geração de emprego e renda. A parceria também prevê treinamento para os técnicos da SIMA e a realização de eventos e workshops visando a divulgação de oportunidades para o setor privado.

“Agradecemos à confiança e à gestão que culminou com a assinatura deste Termo de Cooperação com a Abendi. Será um termo muito profícuo pelos temas que estamos abordando. São matérias afins no escopo da Secretaria”, salientou o diretor-executivo da Abendi, João Antônio Conte.

A entidade poderá fornecer também capacitação para a obtenção de certificações nacionais e internacionais – como as referentes às normas ISO. Os selos demonstram que a empresa trabalha com transparência e as melhores práticas, objetivando a plena proteção ambiental, melhorando o ambiente de negócio e viabilizando a exportação de produtos.

“A Abendi é uma instituição credenciada como ICT e esta parceria vai alavancar diversas ações na área de energia, além de ampliar a abrangência de nossa atuação”, ressaltou o coordenador de Óleo, Gás e Biocombustíveis da SIMA, Ricardo Cantarani.

Agora, SIMA e Abendi definirão o Plano de Trabalho do futuro Acordo de Cooperação Técnica. Não haverá transferência de recursos entre as partes. O termo de cooperação terá validade de 36 meses, podendo ser renovado.

Fonte: Governo de São Paulo

Quando começamos o Press Periódico para tentar trazer a verdade para o resto do mundo, sabíamos que seria um grande desafio. Mas fomos recompensados pela incrível quantidade de suporte e feedback dos leitores que nos fizeram crescer e melhorar.
Faça parte da missão de espalhar a verdade! Ajude-nos a combater as tentativas de silenciar nossas vozes e torne-se um assinante.

Print Friendly, PDF & Email