Vettel x Ferrari: Quem está com a razão nessa novela?

Vettel x Ferrari: Quem está com a razão nessa novela?

Não é novidade para ninguém que acompanha a Fórmula 1 no mínimo há 5 anos, que a situação entre Sebastian Vettel e a equipe Ferrari vem se deteriorando a cada dia que passa.

Quando Vettel assinou com a Scuderia Italiana para a temporada 2015 jamais imaginou que perto de sua possível aposentadoria alguns anos depois estaria passando por um período tão difícil e na tão sonhada equipe de Maranello. Com status de primeiro piloto Sebastian chegou com uma promessa e uma missão de fazer a Ferrari voltar a ser campeã na categoria, porém com a chegada do motor híbrido em 2014 e o domínio da Mercedes, o sonho foi ficando cada vez mais distante.

Podemos dizer que a culpa tenha sido do próprio Vettel por causa de seus inúmeros erros nas temporadas de 2017 e 2018 que foi quando teve as chances reais de conquistar os campeonatos, entretanto, com a morte do Presidente da Ferrari, Sergio Marchionne, em 25 de Julho de 2018, a busca por vitórias se tornou uma crise generalizada dentro do time Italiano.

Se não bastasse a falta de gestão pessoal e a interferência dos problemas internos no desempenho na pista, Vettel cometeu erros grotescos como no GP em casa na Alemanha onde bateu sozinho e viu seu rival Lewis Hamilton sair de 14° direto para a vitória e na Itália justamente casa da Ferrari, onde os fãs são bem mais calorosos, quando bateu na primeira curva em Lewis acabou rodando e caindo para trás no grid.

Já em 2019 Sebastian foi ofuscado por Charles Leclerc, que havia sido promovido depois de fazer uma ótima estréia na antiga equipe Sauber que hoje se chama Alfa Romeo. Leclerc, com seus 21 anos de muita energia e vontade de mostrar que era capaz de fazer parte de uma das equipes mais famosas do automobilismo, deu tudo de si e terminou o campeonato na frente do tetracampeão, mesmo no início da temporada tendo que obedecer ordens de equipe para ficar atrás do alemão.

Chegamos em 2020, estamos em meio a uma Pandemia e de fato já não existe mais um relacionamento saudável entre Ferrari e Vettel, o contrato não foi renovado e as tensões aumentaram com a péssima estréia da equipe na temporada que começou em Julho. As atuações dos dois pilotos tem sido desastrosas, Charles ganhou aparentemente status de piloto número um e Sebastian Vettel claramente insatisfeito, tem apenas a equipe Aston Martin que irá entrar na categoria em 2021 como porta para continuar na Formula 1, do contrário a saída será mesmo a aposentadoria.

Gosto de Vettel e minha torcida é para que ele assine com a Aston Martin mesmo que seja por um ano apenas, somente para se despedir com honra da categoria e tirar o peso da equipe italiana das costas, pois na minha opinião a Ferrari tem uma porcentagem bem maior de culpa.

Lembrando que essa é minha visão sobre o assunto apresentado.

Fique a vontade para discordar e comentar.

Print Friendly, PDF & Email