Esportes

Série C: Volta Redonda vence o Ituano; Botafogo-PB e Manaus empatam sem gols

No Luso-Brasileiro, Voltaço venceu o Ituano de virada por 3 a 1. Enquanto no Almeidão, Botafogo-PB e Manaus ficaram no 0 a 0.

Dois jogos movimentaram a segunda rodada da Série C nesta segunda-feira (17). Fechando os confrontos pelo Grupo B, o Volta Redonda recebeu o Ituano, no Rio de Janeiro, e conquistou uma vitória de virada por 3 a 1. Já pelo Grupo A, Botafogo-PB e Manaus não saíram do 0 a 0. Confira os detalhes das partidas:

Volta Redonda 3 x 1 Ituano

Equilíbrio, poucas chances e placar zerado foi o cenário do primeiro tempo no Luso-Brasileiro. Mandante da partida, o Volta Redonda levou perigo pelos pés de Luiz Paulo e Saulo Mineiro. Do outro lado, o Ituano assustou em finalização de Baralhas, mas Douglas Borges, salvou o Voltaço. Mas foi só. Já na etapa complementar o panorama do jogo mudou de figura. E foram os visitantes que começaram pressionando. Gabriel Barros, duas vezes, Pacheco e Serrato tiveram a oportunidade de marcar, mas nas quatro chances o goleiro tricolor fez a defesa. Até que, na marca dos 16, Douglas Borges nada pode fazer em chute rasteiro de Gabriel Barros: 1 a 0 Ituano. A equipe paulista chegou perto do segundo com Marquinhos, aos 28. Mas foi o Volta Redonda que balançou as redes logo na sequência. Aos 30, Pedrinho cruzou na área e João Carlos apareceu livre para empatar a partida. O gol animou o time da casa que não demorou muito para virar o marcador. Sete minutos depois, o próprio Pedrinho arriscou a finalização para fazer 2 a 1. Buscando a recuperação, o Galo foi para tudo ou nada nos minutos finais e deu espaços para o Tricolor. Saulo, já nos acréscimos, selou a primeira vitória do Volta Redonda na Série C 2020: 3 a 1. 

Com o resultado, o Voltaço chegou aos quatro pontos no Grupo B, enquanto o Ituano tem três. 

Botafogo-PB 0 x 0 Manaus

O duelo demorou para engrenar no Almeidão. A primeira chance foi do Belo e saiu já na marca dos 19 minutos em cabeçada de Erivelton. No minuto seguinte, veio a resposta do Manaus. Rodrigo Fumaça partiu em velocidade pela direita e bateu cruzado para a defesa de Felipe. A partir dos 30 minutos a partida ganhou em emoção. Rodrigo Andrade e Kelvin assustaram para o time da casa. Enquanto Rossini, duas vezes, chegou com perigo para o Gavião. O panorama da etapa inicial se repetiu no segundo tempo. E o Botafogo só foi aparecer bem no ataque aos 26. Erivelton recebeu já dentro da área, chutou forte e por pouco Lohan não conseguiu empurrar para o fundo do gol. Do outro lado, a equipe manauara teve chances com Paulinho e Matheuzinho. O primeiro parou no goleiro Felipe e o segundo carimbou o travessão. Tentando uma pressão final, o Botafogo assustou com Mário Sérgio, mas o placar insistiu no 0 a 0. 

Com a igualdade, o Belo somou o primeiro ponto na Série C. Já o Manaus tem dois pontos na competição. 

Foto: Thiago Ribeiro/AGIG
Fonte: CBF

Quando começamos o Press Periódico para tentar trazer a verdade para o resto do mundo, sabíamos que seria um grande desafio. Mas fomos recompensados pela incrível quantidade de suporte e feedback dos leitores que nos fizeram crescer e melhorar.
Faça parte da missão de espalhar a verdade! Ajude-nos a combater as tentativas de silenciar nossas vozes e torne-se um assinante.

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo