News

Minas Gerais: Centro Integrado de Segurança Pública, no Aeroporto de Confins, completa um ano

Estrutura, pioneira no país, busca reduzir violência e oferecer mais comodidade para usuários.

O Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), localizado no Aeroporto Internacional de Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, completa um ano nesta quarta-feira (26/8). Desde sua implantação, cerca de 135 ações integradas foram realizadas e 3 mil ocorrências atendidas no espaço.

Os principais atendimentos no Cisp são relativos a extravio de documentos, furtos e transporte clandestino. As forças de segurança se reúnem ainda para planejar, organizar e avaliar ações regulares que acontecem no aeroporto, como operações de trânsito nos entornos e fiscalizações de cargas, além da observação ininterrupta de possíveis infrações, a partir de informações e imagens compartilhadas pelas próprias equipes de segurança do local.

Funcionamento 24 horas

A iniciativa é pioneira em terminais aeroportuários do país e agrega a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), a Polícia Militar, a Polícia Civil, o Corpo de Bombeiros Militar, o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagens (DER) e a Polícia Federal em um só lugar, com funcionamento 24 horas por dia, durante toda a semana.

O superintendente de Integração e Planejamento Operacional, Leandro Almeida, destaca que é interessante que os esforços sejam conjuntos, porque as abordagens, nesta área de grande público flutuante, costumam ultrapassar as atribuições de apenas uma força de segurança. “São atuações multidisciplinares e multi institucionais, que precisam da atuação de vários órgãos, já que cada um tem uma competência”, explica.

Em outubro de 2019, por exemplo, uma operação desencadeada pelas polícias Civil, Militar e Federal, por meio do Cisp, desarticulou uma organização criminosa que aplicava golpes em servidores públicos por meio de investimentos fictícios. Os resultados implicaram na prisão de uma estelionatária e no bloqueio de R$ 50 milhões em dinheiro e bens adquiridos por atividades fraudulentas. No último mês de julho, a mutilação do pitbull Sansão, que gerou comoção social por ter as duas patas traseiras decepadas, foi registrada pelo quadro do Cisp.

Comodidade

Inaugurado pelo governador Romeu Zema, é uma parceria da Sejusp e da BH Airport. O objetivo central é reduzir os índices de criminalidade no ambiente aeroportuário. Mas, além de promover a defesa social, o Cisp oferece comodidade, agilidade e, sobretudo, sensação de segurança para aqueles que circulam no campo de aviação e mediações.

A estrutura está instalada no térreo do Aeroporto de Confins e tem seis estações de trabalho. Há ainda um totem de autoatendimento para acesso à Delegacia Virtual da Polícia Civil.

Da mesma forma, serviços da Central de Bloqueio de Celulares do Estado de Minas Gerais (Cbloc) são disponibilizados à população no local, sob coordenação da Superintendência de Integração e Planejamento Operacional da Sejusp, incluindo orientações e bloqueios imediatos de aparelhos roubados ou furtados.

Fonte: Agência Minas

Assine Prêmio:
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Assinatura Leitor Prêmio

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo