Salles sobrevoou regiões afetadas pelo fogo no Mato Grosso

Salles sobrevoou regiões afetadas pelo fogo no Mato Grosso

No dia 18/08/20, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, sobrevoou regiões afetadas pelos incêndios no estado do Mato Grosso (MT) e participou das ações de combate às chamas na região. Estava acompanhado pelo governador do Estado, Mauro Mendes.

As operações são coordenadas pelo Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), com apoio do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). O corpo de bombeiros do MT e as Forças Armadas também atuam nos esforços de combate às chamas. Além disso, o combate conta com cerca de 200 voluntários e do apoio da aviação agrícola do Estado, que atua em parceria nas operações de controle aos focos de incêndio.

“Está claro o desafio que é o combate às queimadas no Pantanal, cujo ambiente é muito quente, seco e com temperaturas muito altas”, afirmou Salles. “Os brigadistas têm dado, ininterruptamente, combate ao fogo e tanto o Ibama quanto o ICMBio estão atuando na área, com aumento da presença de seus efetivos”, ressaltou.

Produtores e moradores da região defenderam o uso controlado do fogo em períodos anteriores à seca como medida preventiva para eliminação de material orgânico em excesso, que contribui para aumento dos efeitos das queimadas no período de seca. Defenderam, ainda, o emprego de produto retardante de fogo misturado à água dispersada através das aeronaves.

Porto Jofre e Poconé

Brigadistas do PrevFogo estão nas regiões de Porto Jofre e Poconé há 8 dias combatendo focos de incêndio e contam com o apoio de cinco aeronaves do modelo AirTractor, capazes de pulverizar até 3 mil litros e autonomia de mais de mil quilômetros. Já as equipes em solo utilizam técnicas de corta-fogo e são equipados com sopradores e abafadores, entre outros.

Na região estão situados o Parque Nacional do Pantanal e o Parque Estadual Encontro das Águas. Também estão localizadas a Estação Ecológica Taiamã, as RPPN Fazenda Estância Dorochê e Estância Ecológica SESC Pantanal, além da Estrada Parque Transpantaneira e da Estrada Parque Poconé-Porto Cercado. Há ainda duas terras indígenas: Perigara, Baía Guató.

Fonte: mma.gov.br

Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (DASASO).

Print Friendly, PDF & Email