Esportes

Fluminense bate o Vasco e Bahia empata com Palmeiras

Compartilhar

Fred marca pela primeira vez no retorno ao Tricolor, Fluminense vence o clássico e engata segunda vitória no Brasileirão.

20200829205438_534
Foto: Thiago Ribeiro/AGIF 

Vence o Fluminense! No Maracanã, o Tricolor encarou, neste sábado (29), o clássico carioca diante do Vasco, pela sexta rodada do Brasileirão Assaí, e saiu de campo com uma importante vitória por 2 a 1. Dodi e Fred marcaram para o Flu, enquanto Talles descontou para o Cruzmaltino.

Com o triunfo, o Fluminense chegou aos mesmos dez pontos do rival. O Tricolor ocupa momentaneamente a quarta posição, enquanto o Vasco é o vice-líder e tem um jogo a menos.

O jogo

O Fluminense começou o clássico em ritmo acelerado. Não deu nem tempo de se ajeitar no sofá. Aos dois minutos, em boa trama no ataque, Marcos Paulo apareceu na esquerda, levou para linha de fundo e tocou para o meio, a defesa adversária afastou o perigo, a bola sobrou com Egídio que achou Dodi na entrada da área. O camisa 22 pegou de primeira e acertou um belo chute para abrir a contagem no Maraca: 1 a 0. Na sequência, o Tricolor teve mais duas chances com Yuri, aos sete, e Nenê, aos dez.

A partir daí, o Vasco equilibrou as ações dentro de campo. Após cobrança de escanteio, Talles ajeitou de cabeça e Cano chegou para completar, mas viu Marcos Felipe fazer a defesa, aos 18. Já o Fluminense voltou a assustar na marca dos 32. Egídio fez o cruzamento rasteiro, Fernando Miguel espalmou para o meio, Evanilson aproveitou o rebote, mas o goleiro cruzmaltino se redimiu e evitou o gol. Nos instantes finais do primeiro tempo uma oportunidade para cada lado. Aos 41, Michel Araújo achou Calegari pela direita, o lateral arriscou o chute, mas mandou para fora. Enquanto, nos acréscimos, o Vasco respondeu em cabeçada de Ricardo Graça.

Ao contrário da primeira etapa, o segundo tempo começou devagar. As equipes rodavam a bola na intermediária, mas não conseguiam encontrar os espaços no ataque. Até que Fred entrou em campo, aos 30. E, cinco minutos depois, em contra-ataque fatal do Tricolor, o camisa 9 recebeu pelo meio e soltou o pé para ampliar a vantagem. Mas a tranquilidade do Flu durou pouco. Aos 40, Bruno César fez a tabela com Benítez, bateu colocado e Marcos Felipe fez a defesa, só que no rebote Talles não perdoou: 2 a 1. A igualdade deu emoção aos últimos minutos do clássico. Mas o placar permaneceu até o apito final.

Visitantes saíram na frente com gol marcado por Zé Rafael, mas donos da casa conseguiram a igualdade com Marco Antônio.

20200829195053_971
Foto: Jhony Pinho/AGIF 

Bahia conseguiu conquistar um ponto importante na noite deste sábado (29), diante do Palmeiras, em jogo válido pela sexta rodada do Brasileirão Assaí 2020. O Verdão saiu na frente do marcador com Zé Rafael, já na etapa final, mas o Tricolor de Aço arrancou o empate nos acréscimos com Marco Antônio, evitando a derrota.

Com o empate, o Bahia chegou aos oito pontos na tabela de classificação, ocupando a sétima colocação. Já o Palmeiras foi a nove, uma posição acima, em sexto.

O jogo

Em uma etapa inicial truncada, sem muitas chances de gols para ambas as equipes, o primeiro momento de perigo aconteceu para o lado do Palmeiras. Aos 21 minutos, o atacante Rony arriscou de longe, com força, mas a bola foi no meio do gol, facilitando a defesa do goleiro Anderson.

O Bahia, fazendo valer o mando de campo, também chegou. Aos 48, o meia Rodriguinho recebeu dentro da área, conseguiu ajeitar o corpo para bater de perna esquerda e mandou para o gol. A finalização, no entanto, desviou na zaga alviverde e se perdeu pela linha de fundo.

Na volta dos vestiários, foi o Verdão quem pulou na frente no marcador. Aos 31, Luiz Adriano recebeu na entrada da área e encontrou Gustavo Scarpa. O meia cruzou na medida para Zé Rafael completar e sair para o abraço: 1 a 0.

Na reta final, porém, o Bahia conseguiu arrancar o empate. Já aos 49 minutos, Marco Antônio aproveitou uma saída ruim do goleiro Wéverton e só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo das redes, deixando tudo igual: 1 a 1.

Foto: Thiago Ribeiro/AGIF
Fonte: CBF

Assine Prêmio:
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Assinatura Leitor Prêmio

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo