Esportes

Fatos e estatísticas do GP da Itália: primeiro pódio desde 2012 sem Mercedes, Ferrari ou Red Bull

Compartilhar

As celebrações pós-corrida em Monza giraram em torno de um piloto, Pierre Gasly da AlphaTauri – o primeiro francês a ganhar um Grande Prêmio desde Olivier Panis em Mônaco em 1996. Mas havia muitos números mais fascinantes apresentados por um emocionante Grande Prêmio da Itália.

• Pierre Gasly é o 109º piloto a ganhar um Grande Prêmio hoje e o primeiro novo vencedor desde Charles Leclerc em Spa em 2019.

A vitória de AlphaTauri acontece na mesma pista onde conquistou a única vitória como Toro Rosso, com Sebastian Vettel em 2008.

• Carlos Sainz, da McLaren, obteve o melhor resultado da carreira, em 2º.

• Lance Stroll, da Racing Point, garantiu o segundo pódio de sua carreira na F1. O primeiro veio em Baku 2017, que também foi o último Grande Prêmio a receber bandeira vermelha.

• Racing Point conquistou seu primeiro pódio desde Baku 2018, quando ainda era Force India.

• Gasly é o 10º piloto a ganhar um Grande Prêmio a partir de 10º do grid – e o primeiro vencedor dessa posição desde Daniel Ricciardo em Baku 2017 (novamente, a última corrida com bandeira vermelha!).

• Pela primeira vez desde a Hungria 2012, o pódio não contou com um único piloto da Mercedes, Red Bull ou Ferrari.

• Entre eles, essas 3 grandes equipes ganharam 146 corridas consecutivas desde a Austrália 2013.

• Com Sainz em 2º e Lando Norris em 4º, a McLaren teve 2 carros no top 4 em Monza pela primeira vez desde 2011.

• Com Valtteri Bottas como seu melhor finalizador no P5, a Mercedes não conseguiu colocar um carro no pódio pela primeira vez na era turbo-híbrido.

1270961697
Não era um bom dia para seus padrões, mas Hamilton ainda estava acumulando recordes

• Ao lutar de volta para P7, Lewis Hamilton alcançou sua 41ª colocação em pontos consecutivos, sua 41ª classificação consecutiva (igualando o recorde de todos os tempos) e seu 221º resultado em pontos na carreira (também igualando o recorde de todos os tempos).

• Esteban Ocon, da Renault, terminou nos pontos em Monza pela terceira vez consecutiva aqui.

• Ao terminar em 10º, Sergio Perez, da Racing Point, marcou em Monza pelo 7º ano consecutivo.

• Nicholas Latifi, da Williams, empatou o melhor resultado da carreira em 11º lugar.

• As duas Ferraris não conseguiram terminar em Monza pela primeira vez desde 1995.

Fonte: Fórmula 1

Assine Prêmio:
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

https://dunapress.org/produto/assinatura-leitor-premio/?aff=wesleylima

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »