Hamilton vence o louco GP da Toscana, enquanto Albon garante o primeiro pódio

Hamilton vence o louco GP da Toscana, enquanto Albon garante o primeiro pódio

Mugello foi um thriller absoluto em seu primeiro Grande Prêmio, com Lewis Hamilton vencendo o companheiro de equipe da Mercedes Valtteri Bottas em uma corrida cheia de ação que viu dois dramáticos acidentes com vários carros nas primeiras nove voltas, duas paralisações com bandeira vermelha e um final emocionante que culminou com Alex Albon conquistando seu primeiro pódio na F1.

Uma bandeira vermelha no final da corrida, a segundo da corrida – depois que Lance Stroll de Racing Point saiu de Arrabbiata 2 enquanto mantinha o quarto lugar – criou um final dramático para o primeiro Grande Prêmio a ser realizado em Mugello, com Hamilton segurando para conquistar seu 90º vitória na carreira de Bottas, como atrás, Albon deu uma jogada fantástica em Daniel Ricciardo da Renault para reivindicar um importante terceiro lugar a oito voltas do fim.

Ricciardo foi deixado para voltar para casa em quarto lugar, tentadoramente perto de seu primeiro pódio com a Renault, com Sergio Perez terminando em quinto para a Racing Point. Com apenas 12 corredores classificados na chegada, Lando Norris foi o sexto para a McLaren, à frente do AlphaTauri de Daniil Kvyat, com Charles Leclerc da Ferrari classificado em oitavo no 1.000º Grand Prix da equipe.

Kimi Raikkonen, da Alfa Romeo, foi nono após receber uma penalidade de cinco segundos na corrida, com a segunda Ferrari de Sebastian Vettel fechando o top 10. Isso deixou George Russell da Williams em 11º, agonizantemente perto dos primeiros pontos da equipe no ano, enquanto a Haas de Romain Grosjean terminou em 12º de 12 carros que terminaram.

O Grande Prêmio da Toscana, de Max Verstappen e do vencedor de Monza, Pierre Gasly, durou apenas duas curvas, com os dois envolvidos em uma briga na Curva 2 – Verstappen já sofreu um problema na unidade de força que o fez cair na ordem antes de ser punido, com Gasly alcançado no incidente também.

Um Safety Car resultante levou a um grande acidente no reinício da corrida 7ª volta, com Carlos Sainz, Antonio Giovinazzi, Kevin Magnussen e Nicholas Latifi todos retirados da corrida – felizmente sem ferimentos graves, com a bandeira vermelha da corrida enquanto os destroços estavam esclareceu-se, antes de a segunda bandeira vermelha soar na volta 45 após o acidente de Stroll, fazendo uma primeira corrida em Mugello que não será esquecida tão cedo.

Fonte: Fórmula 1

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email