Copa do Brasil: Fluminense vence o Atlético/GO e o Ceará ganha do Brusque

Copa do Brasil: Fluminense vence o Atlético/GO e o Ceará ganha do Brusque

No primeiro confronto entre as equipes, Tricolor contou com desvio do zagueiro adversário para fazer 1 a 0 e levar vantagem do empate para o jogo da volta.

Jorge Rodrigues/AGIF

O primeiro tempo no Maracanã foi marcado pelo equilíbrio de posse de bola entre Fluminense e Atlético-GO e pelas poucas chances claras de gol. As duas melhores oportunidades do time da casa foram com Wellington Silva, que recebeu bom passe de Luiz Henrique, mas cabeceou para fora, e em cobrança de falta de Nenê, que mandou no ângulo e viu o goleiro adversário fazer boa defesa. O Dragão, apostando em contra-ataques, chegou com perigo duas vezes com Renato Kayzer. Uma quando o atacante ficou cara a cara com Muriel, que fez a defesa, e outra quando Janderson iniciou a jogada e lançou o camisa 9, que chegou de peixinho, mas não pegou em cheio para concluir a gol.

No segundo tempo, os times apertaram a linha de marcação e as chances de gol ficaram ainda mais escassas. A primeira boa chegada foi somente aos 21 minutos, quando Marcos Paulo deu bom passe para Luiz Henrique, que viu Jean sair bem salvar o Atlético. Seguindo sem intensidade, a partida teve o único gol marcado aos 31. Após cobrança de escanteio na área do Dragão, João Victor tocou de cabeça tentando o corte, mas acabou mandando contra sua própria meta. Com a vantagem no placar, o Fluminense passou a avançar mais ao ataque, mas sem obrigar Jean a fazer grandes defesas até o apito final.

Fora de casa, Vozão faz 2 a 0 sobre o Quadricolor e fica na frente por vaga nas oitavas da Copa do Brasil.

Israel Simonton/Ceará

O Brusque teve mais posse de bola, chutou e pressionou muito no primeiro tempo, mas desceu para o intervalo em vantagem foi o Ceará. Depois de superar a pressão dos donos da casa, o Vozão conseguiu abrir o placar aos 39 minutos da etapa. Ricardinho acionou Sobral, que tocou rasteiro para Leandro Carvalho. Dentro da área, o atacante bateu de primeira e inaugurou o marcador no Estádio Augusto Bauer.

Logo na volta do intervalo, aos cinco minutos, Rafael Sobis acertou o travessão e por pouco não ampliou para o Ceará. Assim como no primeiro tempo, o Bruscão seguiu com maior posse de bola, mas sem oferecer perigo efetivo ao Vozão. No decorrer do duelo o Brusque foi só pressão, principalmente nos minutos finais. Só que aí, em um contra-ataque fatal, Vina recebeu sozinho, cara a cara com o goleiro Zé Carlos e mandou para o fundo das redes: 2 a 0 e boa vantagem para o duelo de volta.  

Foto: Jorge Rodrigues/AGIF
Fonte: CBF

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email