Procon/RJ fiscaliza denúncias de aumento injustificado de preços em Teresópolis

Procon/RJ fiscaliza denúncias de aumento injustificado de preços em Teresópolis

O Procon Estadual do Rio de Janeiro, autarquia vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, realizou operação de fiscalização nesta terça-feira (15/09) em supermercados e lojas de material de construção em Teresópolis, município da região serrana do estado. Os agentes compararam os preços de venda atual dos produtos com valores praticados em agosto.

Os fiscais estiveram nos supermercados Multimarket, Extra, Regina e Rede Economia para averiguar denúncias de aumento abusivo de preços do arroz, óleo de soja, feijão e leite. Todos os estabelecimentos apresentaram problemas estruturais e foram autuados por não justificarem o aumento de preços, conforme a lei 8769 de 23 de março de 2020.

A elevação do valor de venda do feijão, óleo e leite foi justificado no Multimarket pelo aumento de custos vindo do fornecedor, através da apresentação de notas fiscais de compra. A autarquia irá notificar o fornecedor para justificar o aumento do preço. Não foi possível fazer o comparativo de preço do feijão e do leite no Supermercado Regina por ausência de documentos, que deverão ser apresentados à autarquia.

A loja de material de Construção HG Casa foi autuada por aumento injustificado de preço do tijolo, telha e cimento. As empresas terão que apresentar documentos ao Procon-RJ em até 15 dias. Já a Cadel, foi autuada por ausência de preços em grande parte dos produtos. Os fiscais também identificaram ausência do certificado do Corpo de Bombeiros, que será oficiado, e do cartaz com telefone e endereço do Procon-RJ, que foi providenciado no ato da fiscalização.

Não foram encontradas irregularidades no Fresh Fruit.

Balanço da operação:
1) Cadel Material de Construção – Av. Delfim Moreira, 455, Várzea Teresópolis;

2) HG Casa – Rua Manoel José Librão, 891, Ermitaze, Teresópolis;

3) Multimarket – Av. Feliciano Sodré, 499/507, Várzea, Teresópolis;
Aumento de preço injustificado do arroz.

4) Extra – Av. Almirante Lucio Meira, 800, Várzea, Teresópolis
Aumento de preço injustificado arroz, óleo, feijão e leite.

5) Supermercado Regina – R. Primeiro de Maio, 165, Várzea, Teresópolis
Ausência de caixa adaptado
Aumento de preço injustificado do arroz e óleo
Não foi possível fazer comparativo de preço

6) Rede Economia – Av. Felicino Sodré, 1190, Centro , Teresópolis
Aumento do arroz, feijão e óleo.
6, 65 kg de alimentos sem especificação quanto a data de manipulação e validade na câmara resfriada que foram descartados na presença dos fiscais

7) Fresh Fruit – Av. Lúcio Meira, 104, Várzea, Teresópolis

Fonte: Governo do Rio de Janeiro

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email