Saúde destaca importância da estrutura de atendimento de Minas Gerais

Saúde destaca importância da estrutura de atendimento de Minas Gerais

Em coletiva virtual sobre os desdobramentos da covid-19, secretário adjunto da SES-MG também ressaltou o papel do Sistema Único de Saúde (SUS) no enfrentamento à pandemia.

O secretário adjunto de Saúde (SES-MG), Marcelo Cabral, destacou, nesta sexta-feira (18/9), a missão desempenhada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no enfrentamento à pandemia. Cabral também parabenizou todos os profissionais da rede pública de saúde, tendo em vista a comemoração, neste sábado (19/9), do aniversário de criação do SUS.

Ainda que com limitações, afirmou o secretário adjunto, o Sistema Único de Saúde deve ser evidenciado, por tudo que “faz em relação à sociedade dentro dos seus princípios”.

Segundo o secretário adjunto, o momento é de reflexão para “pensarmos em uma gestão mais eficiente, mais voltada para os interesses do cidadão mineiro e do brasileiro”. Ele destacou, também, que a data é sinônimo de orgulho para a SES-MG, principalmente em relação a todos que se esforçam para uma prestação de saúde cada vez melhor.

Onda verde

Marcelo Cabral também destacou as macrorregiões que estão na onda verde do Minas Consciente. Isto porque, nesta semana, duas novas macrorregiões passaram a integrar a fase mais avançada do plano, criado pelo Governo de Minas para garantir a retomada segura e responsável da economia no estado.

Além da manutenção das regiões Norte e Triângulo do Sul nesta etapa, as regiões Oeste e Centro-Sul progrediram para a onda verde, depois de 28 dias na onda amarela, graças aos bons índices epidemiológicos. As mudanças foram definidas na última quarta-feira (16/9), em reunião do Comitê Extraordinário Covid-19, após a análise semanal da situação da pandemia no estado.

Na coletiva virtual, o secretário adjunto ainda ressaltou que, mesmo com os avanços, não é hora de relaxar, e os cuidados e medidas de prevenção contra o vírus devem continuar. “Nós conseguimos manter bons números e estruturar a nossa rede de saúde porque o mineiro foi o principal ator no combate à pandemia e entendeu que era necessária a manutenção dos cuidados”, disse.

Estrutura

Conforme boletim epidemiológico divulgado nesta sexta-feira, Minas Gerais tem 265.185 casos confirmados para o novo coronavírus, 28.174 casos em acompanhamento e 230.437 pessoas recuperadas. Estão confirmadas 6.574 mortes causadas pela covid-19.

Durante a coletiva, o secretário adjunto reforçou, ainda, a importância da estrutura de atendimento de Minas Gerais para que não haja desassistência.  Atualmente, estão cadastrados no SUS fácil, em Minas Gerais, 20.919 leitos de enfermaria e 3.902 leitos de UTI.

Fonte: Agência Minas

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email