Brasileirão: Fortaleza e Bragantino vencem em casa

Brasileirão: Fortaleza e Bragantino vencem em casa

Com com de Felipe, Tricolor do Pici desbanca o líder do Campeonato Brasileiro no Castelão

Grande triunfo do Fortaleza na noite deste sábado (19). No Castelão, o Tricolor do Pici recebeu o Internacional e venceu por 1 a 0, com gol do volante Felipe no duelo válido pela 11ª do Brasileirão Assaí. O resultado deixa o time do técnico Rogério Ceni na oitava posição, com 15 pontos. Já os comandados de Eduardo Coudet seguem em primeiro, com 20 somados.

Kely Pereira/AGIF

O jogo

Primeiro tempo zerado no Castelão. Em jogo de poucas chances, o Colorado teve 58% de posse de bola e finalizou mais que o Leão do Pici (6×3). Apesar disso, nem o goleiro Felipe Alves nem Marcelo Lomba trabalharam muito na etapa inicial na capital cearense.

Na volta do intervalo, o Fortaleza segurou a pressão inicial do Inter e abriu o placar aos 20 minutos. Após cobrança de lateral, Nonato se atrapalhou com a bola, Felipe pegou a sobra e soltou a bomba para abrir o placar no Castelão. Jogando em seus domínios, o Tricolor conseguiu resistir à pressão colorada e triunfou em cima do atual líder do Campeonato Brasileiro.

Equipe de Bragança Paulista não deu chances ao adversário e vai dormir fora da zona de rebaixamento da Série A.

O Red Bull Bragantino voou, na noite deste sábado (19), para conquistar sua segunda vitória no Brasileirão Assaí. Pela 11ª rodada, a equipe paulista recebeu o Ceará, no Nabi Abi Chedid, e goleou o Vozão por 4 a 2. 

Diogo Reis/ AGIF

Com o resultado, o Massa Bruta chegou aos dez pontos e saiu momentaneamente da zona de rebaixamento. Já a equipe cearense tem 13 pontos e ocupa a 10ª posição. 

O jogo

O Bragantino começou o duelo em ritmo alucinante e abriu o placar logo aos três minutos de bola rolando. Claudinho cobrou escanteio, Ligger fez o desvio na primeira trave e Léo Ortiz apareceu livre para estufar as redes. Melhor no jogo, o time da casa teve boas chances para ampliar com Artur, Lucas e Alerrandro. Mas foi o Ceará que chegou ao gol. Após cruzamento na área, Lima deixou de cabeça para Vina soltar a bomba e empatar a partida, aos 20. Só que a igualdade durou pouco. Três minutos depois, Artur recebeu na direita, levou para o meio e bateu forte, Fernando Prass fez a defesa parcial, mas no rebote Bruno Tubarão não perdoou: 2 a 1.

Também tentando uma resposta resposta rápida, o Vozão assustou novamente com Vina e Júlio César voar para salvar o Red Bull. Minutos antes do intervalo, Alerrandro criou mais uma oportunidade para o Massa Bruta e dessa vez não desperdiçou. Tubarão fez o cruzamento rasteiro e o atacante finalizou de primeira, aos 44: 3 a 1. Já nos acréscimos, Artur voltou a levar perigo para o Braga e viu o arremate passar tirando tinta da trave. 

Depois das conversas no vestiário, o Ceará ensaiou uma pressão no ataque e assustou em finalizações de Cléber e Sobral. Mas aos poucos o Bragantino retomou as rédeas da partida. Alerrandro teve duas chances em sequência, aos 15. A primeira passou perto e a segunda carimbou a trave. O camisa 9 apareceu de novo para o Massa Bruta, na marca dos 17, mas dessa vez dando belo passe para a cavadinha de Lucas Evangelista, pintura no Nabi Abi Chedid: 4 a 1. Sem tirar o pé do acelerador, o Braga quase chegou ao quinto com Bruno Tubarão, mas novamente tinha uma trave no meio do caminho. Com o placar elástico, os donos da casa administraram o jogo. Nos minutos finais, Wescley descontou para o Vozão e deu números finais ao confronto: 4 a 2. 

Foto: Kely Pereira/AGIF
Fonte: CBF

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email