Paraná: Rede estadual evoluiu em todas as notas na avaliação da educação básica

Paraná: Rede estadual evoluiu em todas as notas na avaliação da educação básica
Secretaria de Estado da Educação do Paraná, Colegio Estadua Yvone Pimentel com alunos em sala de aulas na volta as aulas depois da greve dos professores. 10-06-15. Foto: Hedeson Alves

Médias do desempenho no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e os dados sobre aprovação escolar formam a nota do IDEB. Paraná foi o estado que mais cresceu neste sistema. Teve a melhor nota média no Ensino Fundamental e a quarta no Ensino Médio.

A rede estadual do ensino do Paraná evoluiu todas as suas notas no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) de 2019. Esse sistema é o conjunto de avaliações em larga escala aplicado a cada dois anos na rede pública e em uma amostra da rede privada. As médias do desempenho no Saeb e os dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar, formam a nota do Índice de Desempenho da Educação Básica (IDEB).

Na rede estadual do Paraná, seja em Língua Portuguesa ou Matemática, o desempenho cresceu em todos os anos em que o Saeb é aplicado: 5º e 9º anos do Ensino Fundamental e 3º ano do Ensino Médio. A nota média do 5º ano do Ensino Fundamental saltou de 7,08 para 7,59. A do 9º ano passou de 5,42 para 5,53. E a do Ensino Médio de 4,46 para 4,85.

O crescimento fez o Paraná manter a primeira colocação nos anos iniciais do Ensino Fundamental, a 4ª do Ensino Médio e o avanço da 3ª posição (empatado com o Rio Grande do Sul) para a 1ª nos anos finais do Ensino Fundamental, ultrapassando Santa Catarina e Goiás.

“A evolução foi geral, mas o Paraná foi o estado que mais cresceu no Brasil. Isso se deu com muito trabalho, muito foco dos professores, professoras, agentes escolares e todas equipes pedagógicas”, avalia o secretário da Educação, Renato Feder, destacando uma aproximação do desempenho da rede estadual ao das escolas particulares do estado.

IDEB – É o resultado do Saeb que fez o Paraná subir, por exemplo, do sétimo para o terceiro no ranking nacional do IDEB do 6º ao 9º ano e do sétimo ao quarto no Ensino Médio. O sistema reflete os níveis de aprendizagem demonstrados pelos estudantes avaliados e é um indicativo da qualidade do ensino, permitindo realizar um diagnóstico da educação básica brasileira e de fatores que podem interferir no desempenho do estudante.

O aumento da nota média da rede estadual foi mais expressivo numericamente no 3º ano do Ensino Médio: foram 281,37 pontos em Língua Portuguesa e 280,57 em Matemática, bem acima das provas de 2017: 266,43 e 268,69 respectivamente.

O resultado garantiu um desempenho superior à média nacional geral – contando escolas municipais, estaduais e privadas de todo o país: 278,36 em Língua Portuguesa e 277,34 em Matemática.

NOVO SAEB – Na terça-feira (15) o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) anunciou o novo SAEB, que vai dar origem ao “Enem seriado”. Hoje a prova do SAEB é aplicada a cada dois anos, no 2º, 5º e 9º ano do Ensino Fundamental, e no 3º ano do Ensino Médio, com os resultados calculados para escolas e redes de ensino.

A nova versão será anual e no Médio cada aluno terá seu desempenho calculado com base nas notas do SAEB dos três anos. Essa pontuação vai valer para o “Enem seriado” e o consequente acesso à Prouni, Fies e Sisu.

Confira Ranking Anos Iniciais – Rede Estadual
Média Padronizada

Paraná – 7,59
Ceará – 6,87
São Paulo – 6,66
Acre – 6,55
Goiás – 6,52

Ranking Anos Finais – Rede Estadual
Média Padronizada

Paraná – 5,53
Goiás – 5,49
Rio Grande do Sul – 5,43
Santa Catarina – 5,40
São Paulo – 5,39

Ranking Ensino Médio – Rede Estadual
Média Padronizada

Espírito Santo – 5,05
Goiás – 4,93
Rio Grande do Sul – 4,89
Paraná – 4,85
Mato Grosso do Sul – 4,78.

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email