CRB e Avaí vencem fora de casa pela 11ª rodada da Série B

CRB e Avaí vencem fora de casa pela 11ª rodada da Série B

Galo superou desvantagem numérica e bateu o Botafogo-SP, enquanto Leão venceu o Cruzeiro no Mineirão. Chape e América-MG ficaram no 0 a 0.

A bola segue rolando para 11ª rodada da Série B. Na noite desta sexta-feira (25), três partidas movimentaram a competição. Jogando com um a menos desde o primeiro minuto, o CRB bateu o Botafogo-SP fora de casa por 2 a 1. Enquanto na Arena Condá, Chapecoense e América-MG não saíram do 0 a 0. E no último jogo do dia, o Avaí venceu o Cruzeiro, no Mineirão, por 1 a 0. Confira os detalhes dos jogos:

Botafogo-SP 1 x 2 CRB

O jogo não começou fácil para o CRB, que teve o goleiro Victor Souza expulso logo no primeiro minuto. O Botafogo tentou se aproveitar da situação e levou perigo com Jordan, mas Edson Mardden entrou e fechou o gol alagoano, aos 14. E mesmo em desvantagem numérica foi o Galo que largou na frente. Aos 19, Léo Gamalho aproveitou uma sobra dentro da área, após cobrança de escanteio, e mandou para o fundo das redes. Tentando a resposta imediata, o time da casa assustou em cabeçada de Wellington Tanque e de novo Edson Mardden fez a defesa, a bola ainda explodiu no travessão antes da zaga mandar para longe. Já nos minutos finais do primeiro tempo, o Tricolor aumentou a pressão. Victor Bolt e Ronald tentaram. Até que Wellington Tanque, aos 49, teve nova chance e não desperdiçou. Matheus Anjos fez o levantamento e Rafinha ajeitou na medida para o atacante deixar tudo igual: 1 a 1. Depois da conversa nos vestiários, a partida demorou a engrenar. A partir dos 30, o Botafogo teve duas oportunidades em sequência. Novamente com Wellington Tanque e pelos pés de Valdemir. O primeiro parou no goleiro e segundo carimbou a trave. Mas, aos 38, o CRB chegou pela primeira vez com perigo e marcou. Diego Torres cruzou e Reginaldo Júnior testou firme para fazer 2 a 1 em Ribeirão Preto. Nos acréscimos, o Pantera ainda arriscou uma última vez com Judivan e Edson Mardden evitou o gol para garantir o triunfo alvirrubro. 

Com o resultado, o CRB chegou aos 16 pontos e ocupa a oitava colocação, com um jogo a menos. Enquanto o Botafogo está na zona de rebaixamento, com oito pontos somados.

Chapecoense 0 x 0 América-MG

Chapecoense e América não saíram do 0 a 0 pela 11ª rodada da Série B

No duelo entre o quarto e quinto da Série B, o equilíbrio se fez presente. Na Arena Condá, a Chape começou o jogo no ataque e assustou pelos pés de Paulinho Moccelin e Anselmo Ramon. A primeira tentativa passou perto e a segunda parou no goleiro Matheus Cavichioli. A resposta do Coelho também veio em dose dupla. Alê, aos 10, e Léo Passos, aos 13, viram João Ricardo evitar o gol. Minutos antes do intervalo, mais uma chance para cada lado: Paulinho Moccelin mais uma vez apareceu para o time da casa, enquanto Léo Passos também voltou a levar perigo para o América. A Chapecoense voltou para o segundo tempo com mais volume de jogo. Willian Oliveira, Anselmo Ramon e Anderson Leite tiveram boas chances. Do outro lado, o Coelho não conseguiu encontrar os espaço e optou pelos chute de fora da área. Guilherme e Eduardo Bauermann até tentaram, mas sem sucesso. 

A igualdade colocou a Chape na terceira posição, com 18 pontos, a equipe catarinense tem dois jogos a menos na competição. Já o América tem a mesma pontuação e ocupa o quinto lugar. 

Cruzeiro 0 x 1 Avaí

Cruzeiro e Avaí mediram forças pela 11ª rodada da Série B

O confronto terminou zerado no primeiro tempo. Tentando fazer valer o mando de campo, o Cruzeiro teve mais a bola nos 45 minutos, mas não conseguiu transformar o domínio em vantagem no placar. Airton, Cacá, Filipe Machado e Manoel tiveram as chances da equipe mineira. Do outro lado, o Avaí apostou nos contra-ataques, mas também não teve sucesso. O cenário da etapa inicial parecia se repetir na volta do intervalo. Sem conseguir furar o bloqueio do Leão, o time da casa tentou primeiro pelo alto com Marcelo Moreno e Arthur Caíke. Aos 27, Marcelo Moreno optou pelo chute de fora da área e parou em Lucas Frigeri. Até que, aos 33, os visitantes apareceram no ataque pela primeira vez e foi suficiente para abrir a contagem no Mineirão. Getúlio recebeu na esquerda e mandou para Pedro Castro, o camisa 7 se livrou da marcação e mandou para o fundo das redes. Correndo atrás do prejuízo, a Raposa seguiu insistindo nas jogadas aéreas e nos arremates de média distância. Já aos 44 minutos, Régis e Matheus Pereira assustaram para os mineiros e novamente Frigeri evitou o gol. 

Com o triunfo, o Avaí chegou aos 13 pontos e ocupa a 11ª posição. Já o Cruzeiro é o 15º, com oito pontos conquistados. 

Foto: Thiago Calil/AGIF
Fonte: CBF

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email