“Temos uma luta em nossas mãos”, diz Russell

“Temos uma luta em nossas mãos”, diz Russell

George Russell continuou sua impressionante forma em 2020, garantindo sua sexta aparição no Q2 em nove corridas – e o piloto da Williams diz que está pronto para uma “luta” na corrida de domingo, enquanto busca o primeiro ponto de sua carreira na F1.

Russell alinhará em 14º para o Grande Prêmio da Rússia após uma volta de qualificação estelar que ficou um segundo à frente de seu companheiro de equipe Nicholas Latifi e confortavelmente bom o suficiente para bater os rivais Alfa Romeo e Haas.

“Estou muito feliz”, disse Russell. “Achamos que estávamos um pouco atrás dos Alfas e das Haas, então esse era nosso principal objetivo de superá-los e obviamente fizemos isso de forma bastante confortável no primeiro qualify. Foi uma volta muito boa, e acabei pegando Sebastian no final, o que é um bônus. Portanto, estamos satisfeitos”.

“Foi uma volta muito boa, estou muito contente. É bom estar à frente de Sebastian, quase no ritmo certo, eu diria, então temos uma luta em nossas mãos amanhã”.

Russell pressionou Vettel para o último ponto na última vez em Mugello – com o último elogiando o piloto da Williams por sua velocidade e pressão após a corrida – mas apenas perdeu, o que significa que ele ainda está em busca de seus primeiros pontos na F1.

Terminar essa corrida pode ser um desafio neste fim de semana, mas Russell está feliz com a forma como a equipe preparou o carro para a corrida e está pronto para usar os cotovelos para se defender dos que estão atrás.

“Não acho que o verdadeiro ritmo do carro neste fim de semana foi tão bom quanto em outras corridas,” disse ele. Penso que parecemos em boa forma amanhã com a afinação que escolhemos”.

“Nos últimos fins de semana, estivemos nos concentrando mais [nos preparativos] no domingo, pois reconhecemos nesta temporada que nosso ritmo de sábado tem sido bom, mas no domingo nem tanto”.

“Reduzimos um pouco mais para sermos um pouco mais rápidos nas retas. Acho que estamos em uma boa posição para amanhã”.

“Mas acho que eles [Alfa Romeo e Haas] têm uma vantagem sobre nós, então será uma corrida para tentar dirigir o mais rápido que puder e verificar meus retrovisores e ter certeza de que eles não me ultrapassarão”.

Fonte: Fórmula 1

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email