São Paulo visita River em jogo decisivo para seguir na Libertadores

São Paulo visita River em jogo decisivo para seguir na Libertadores

Palmeiras depende de empate com Bolívar (BOL) para avançar às oitavas.

A noite desta quarta-feira (30) é decisiva para o São Paulo na Libertadores da América. Pela quinta rodada do Grupo D, o tricolor joga com o vice-líder River Plate, a partir das 21h30 (horário de Brasília), no estádio de Avellaneda, na região metropolitana de Buenos Aires (Argentina). Terceiro colocado na chave, com quatro pontos em quatro jogos, o São Paulo precisa da vitória para respirar um pouco mais tranquilo. Se perder, o Tricolor estará eliminado.

Antes do jogo, a diferença entre as equipes é de três pontos. O empate esta noite complicará ainda mais a situação do clube. Isso porque o River leva vantagem no saldo de gols: os argentinos têm 11, enquanto os paulistas estão zerados. O saldo de gols serve de critério de desempate para a classificação. Assim, mesmo ganhando nesta noite, o São Paulo ainda vai precisar de um tropeço dos argentinos na última partida da Fase de Grupos: o River encara a LDU, líder e já classificada, no dia 20 de outubro. No mesmo dia, o Tricolor receberá o  Binacional no Morumbi, em São Paulo.

Entre os desfalques do São Paulo esta noite, o técnico Fernando Diniz não poderá contar com o centroavante Luciano, que cumpre a última partida de suspensão na Libertadores por ter se envolvido em briga no Gre-nal de março, quando atuava pelo Tricolor gaúcho. O treinador deve colocar em campo o meia Hernanes e manter apenas Pablo como atacante. A escalação deve ter Tiago Volpi, Juanfran, Diego, Léo e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves, Igor Gomes, Hernanes e Gabriel Sara; Pablo. 

Palmeiras x Bolívar (BOL)

O primeiro jogo da noite será entre Palmeiras e Bolívar, pelo Grupo B, no Allianz, às 19h15.  Líder da chave, com dez pontos em quatro jogos, o Verdão depende apenas de um empate esta noite para assegurar a vaga nas oitavas de final. O time boliviano, terceiro colocado na chave com quatro pontos, ainda têm chances de classificação, mas precisam vencer esta noite e também na última partida da Fase de Grupos.
Desde a retomada do futebol em julho, depois da paralisação em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19), o Palmeiras sofreu apenas uma derrota e acumula uma invencibilidade de 18 jogos. Mas, a série de cinco empates seguidos em casa incomoda a torcida e pressiona o técnico Vanderlei Luxemburgo. O treinador não tem nenhum desfalque entre os jogadores considerados titulares. Assim, ele pode repetir a equipe que empatou com o Flamengo em 1 a 1 pelo Campeonato Brasileiro no último domingo (27).  O artilheiro da equipe na competição, Luiz Adriano, com quatro gols, e o garoto Gabriel Veron ficaram de fora de alguns treinos na semanas, mas estão à disposição do técnico.  O time deve ter Weverton; Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez, Viña; Gabriel Menino, Patrick de Paula, Lucas Lima e Zé Rafael; Willian e Wesley.


Brasileiros já classificados

Mesmo não tendo conseguido expressar no placar o domínio observado em campo, o Athletico-PR se garantiu nas oitavas de final da Libertadores com uma rodada de antecedência. O empate em casa em 0 a 0 com o Jorge Wilstermann, da Bolívia, levou o Furacão a dez pontos e garantiu ao time brasileiros uma das vagas do Grupo C. A liderança da chave será decidida apenas na última rodada em outubro, já que o Jorge Wilstermann – segundo colocado na chave com sete pontos – pode ultrapassar o Athlético-PR. No dia 20 de outubro, o Athletico visita os uruguaios do Peñarol. E o Jorge Wilstermann vai até o Chile para enfrentar o Colo-Colo.  

A noite foi também para o Grêmio, que carimbou antecipadamente o passaporte para as oitavas. O Tricolor gaúcho venceu por 2 a 0 o Universidad Católica, pelo Grupo E, jogando na Porto Alegre. A classificação do Grêmio foi favorecida pela combinação de outro resultado: o empate do rival Internacional, na Colômbia, por 0 a 0 contra o América de Cali.

O Inter está com a vaga bem encaminhada. Na última rodada, no dia 22 de outubro, o Grêmio recebe o América de Cali em Porto Alegre e o Colorado  vai até o Chile para enfrentar a Universidad Católica. O colorado, que atualmente está em segundo lugar na chave com oito pontos, pode se classificar até perdendo, desde que o América de Cáli não vença o Grêmio. Se perder e os colombianos vencerem, ainda existe uma diferença de gols, que atualmente é de cinco, favorável ao Inter.

Foto: Rubens Chiri/São Paulo
Fonte: Agência Brasil

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email