Série B: Cuiabá se isola na liderança, e Botafogo-SP deixa a zona de rebaixamento

Série B: Cuiabá se isola na liderança, e Botafogo-SP deixa a zona de rebaixamento

Confira os resultados dos jogos disputados nesta terça-feira (29) pela 12ª rodada da competição.

Noite movimentada de Série B do Brasileirão! Nesta terça-feira (29), a bola rolou para sete jogos da 12ª rodada, que teve o líder Cuiabá vencendo o Náutico e se isolando no topo. Na parte de baixo da tabela, destaque para a vitória do Botafogo-SP, que bateu o Oeste fora de casa e saiu da zona de rebaixamento.

Confira os detalhes de todos os jogos desta terça-feira pela Série B:

Cuiabá 1 x 0 Náutico

Na Arena Pantanal, o Cuiabá se isolou na liderança da Série B ao vencer o Náutico por 1 a 0. No primeiro tempo da partida, o Dourado fez valer o mando de campo e dominou as ações diante do time visitante. Jenison quase abriu o placar, mas viu Jefferson fazer boa defesa. Depois, Felipe Ferreira arriscou de fora da área e viu a bola sair à esquerda do gol adversário. Elvis e Maxwell (duas vezes) também levaram perigo, mas não conseguiram balançar as redes. Na volta do intervalo, os mandantes seguiram ofensivos e marcaram o gol logo aos cinco minutos. Felipe Ferreira cobrou escanteio, e Jenison subiu mais do que a defesa do Timbu para testar firme para dentro das redes. O Timbu até esboçou uma reação, chegando a criar chance com Paiva, mas o Dourado seguiu no ataque e administrou o resultado positivo até o apito final.

Com o resultado, o Cuiabá agora lidera com 25 pontos – três a mais que o segundo colocado. O Náutico, com 14, ocupa o 12º lugar na tabela de classificação.

Paraná 1 x 1 Chapecoense

Em um confronto direto pelo G-4 da Série B, Paraná e Chapecoense empataram em 1 a 1, no Durival Britto. No primeiro tempo de bola rolando, apesar de muita intensidade, os times criaram poucas chances reais de gol. A melhor chance da equipe catarinense foi em chute cruzado de Paulinho Moccelin. Já o Tricolor só conseguiu assustar no fim, com Jean Victor, que mandou por cima do travessão. Na volta do intervalo, a Chape passou a pressionar mais e quase saiu na frente com uma bomba de Moccelin, parada em boa defesa de Alisson. Depois disso, o Paraná ficou mais no campo de ataque e inaugurou o marcador aos 32 minutos, quando Gabriel Pires arriscou da entrada da área e viu a bola desviar e enganar João Ricardo: 1 a 0. A resposta dos visitantes não demorou. Aos 38, Bruno Silva recebeu pela esquerda, puxou para dentro e cruzou para o gol. A bola quicou no chão e também confundiu Alisson, que não conseguiu evitar o empate.

Com o resultado, os times seguem nas mesmas posições. Agora com 22 pontos, o Paraná segue vice-líder da Série B. A Chapecoense, com 19, ocupa o quarto lugar.

Juventude 1 x 0 Operário-PR

No Alfredo Jaconi, Juventude e Operário-PR fizeram um jogo movimentado, com a equipe da casa levando a melhor. Na primeira etapa, os dois times criaram boas chances de abrir o placar. Na melhor delas, Roger cobrou pênalti para o Fantasma, mas viu Marcelo Carné fazer a defesa. Nos minutos finais, o Ju chegou muito perto em duas finalizações de João Paulo, ambas defendidas por Thiago Braga. Após as mudanças para o segundo tempo, o time alviverde passou a controlar as ações e, depois de boas chances, chegou ao gol da vitória aos 18 minutos. Dalberto aproveitou cruzamento de Wagner e cabeceou no canto para fazer 1 a 0.

Com a vitória, o Juventude chegou a 19 pontos e colou no G-4, subindo para a quinta posição. O Operário, com 17, aparece no oitavo lugar.

Vitória 0 x 1 CSA

Após sair da zona de rebaixamento na última rodada, o CSA manteve o embalo nesta terça-feira ao bater o Vitória por 1 a 0, no Barradão. No primeiro tempo da partida, o Azulão dominou as ações, apertando bem a marcação e contra-atacando com eficiência. Assim, aos 12 minutos, Yago acabou deixando Paulo Sérgio em ótima condição de abrir o placar. O atacante ganhou a disputa com o goleiro Ronaldo, ajeitou o corpo e chutou colocado para o fundo das redes. Na volta do intervalo, o ritmo mudou. O Leão passou a controlar o jogo, tendo ótimas chances com João Victor, Carletto e Fernando Netto. No entanto, o time alagoano segurou a pressão dos donos da casa e garantiu os três pontos na bagagem.

Com o resultado, o CSA agora é o 13º colocado, com 13 pontos. O Vitória, com 17, está na sétima posição.

Avaí 1 x 0 Figueirense

Na Ressacada, Avaí venceu clássico diante do Figueirense com gol de Gastón Rodriguez

O clássico catarinense entre Avaí e Figueirense quebrou um tabu entre as equipes. Com o placar de 1 a 0, o Leão venceu o time alvinegro pela primeira vez na Ressacada em uma partida de Série B. Após um primeiro tempo de muita marcação dos dois lados e poucas chances claras de gol, o placar só foi inaugurado na volta do intervalo. A equipe azurra controlou as ações e quase marcou aos 13 minutos, quando Rildo obrigou Rodolfo Castro a fazer boa defesa. Depois, ainda teve chances com Jean Martim e Gastón Rodriguez, que não tiveram boa mira. Até que, aos 38, Rômulo avançou para a área e acertou a trave. Na sobra, Gastón completou para o fundo das redes: 1 a 0.

Com a segunda vitória consecutiva, o Avaí agora soma 16 pontos e ocupa o décimo lugar na tabela de classificação. O Figueirense, com dez, aparece na 16ª posição.

Guarani 1 x 1 Sampaio Corrêa

No Brinco de Ouro, Guarani e Sampaio Corrêa empataram em 1 a 1 em um duelo direto contra a zona de rebaixamento. No primeiro tempo da partida, a equipe maranhense partiu para o ataque e quase abriu o placar com Caio Dantas, de cabeça. Os visitantes seguiram pressionando, mas o Bugre foi quem largou na frente. Murilo Rangel deu boa assistência para Rafael Costa abrir o placar. Na volta do intervalo, a Bolívia Querida seguiu dominando as ações e dando trabalho ao goleiro Rafael Pin. Sem parar de pressionar, o time visitante acabou conseguindo o empate aos 45 minutos, em cobrança de pênalti de Caio Dantas.

O resultado não foi muito favorável para as duas equipes, que brigam na parte de baixo da tabela. Com dez pontos, o Guarani é o 17º colocado, enquanto o Sampaio, com oito, ocupa a 19ª posição.

Oeste 0 x 1 Botafogo-SP

Rafinha marcou o gol da vitória por 1 a 0 diante do Oeste, que tirou o Botafogo-SP da zona de rebaixamento da Série B

Após sete jogos sem vencer, o Botafogo-SP visitou o Oeste, na Arena Barueri, e garantiu três pontos na bagagem. Com a vitória por 1 a 0, o Pantera saiu da zona de rebaixamento e agora ocupa o 15º lugar, com 11 pontos. O time rubro-negro, com seis, segue na lanterna da competição.

O primeiro tempo da partida não foi de muita criatividade entre as equipes. O Botafogo criou mais chances claras de gol, mas viu Caíque França fechar o gol do Oeste. O jogo seguiu truncado na volta do intervalo. Novamente, o Pantera foi quem chegou com mais perigo. E, aos 22 minutos, Ronald cruzou na medida para Rafinha, que só escolheu o canto para finalizar e decretar a vitória tricolor.

Foto: Thiago Carvalho/Cuiabá
Fonte: CBF

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email