Brasileirão: Botafogo e Fluminense empatam no Nilton Santos

Brasileirão: Botafogo e Fluminense empatam no Nilton Santos

Tricolor abriu o placar no primeiro tempo, mas viu o Alvinegro chegar ao empate já na etapa complementar

Um gol e um ponto para cada lado, assim terminou o clássico carioca deste domingo (4) entre Botafogo e Fluminense, válido pela 13ª rodada do Brasileirão Assaí. No Nilton Santos, Kevin (contra) marcou para o Tricolor e Caio Alexandre deixou tudo igual para o Glorioso.

Com a igualdade, o Alvinegro soma agora 12 pontos, mas segue na zona de rebaixamento. Já o Flu ocupa momentaneamente a sexta posição, com 18 pontos. 

O jogo

O Botafogo começou o clássico com mais volume de jogo e por pouco não abriu o placar no Nilton Santos. Rentería, aos 11, parou em Muriel, e Kalou, no minuto seguinte, errou o alvo. Do outro lado, o Fluminense foi aos poucos equilibrando o duelo e, aos 21, Matheus Ferraz, após cobrança de escanteio, obrigou Diego Cavalieri a fazer grande defesa. Já aos 33, Nenê tabelou com Fred e bateu colocado, mas para fora. Cinco minutos depois, foi a vez do camisa 9 tricolor assustar em jogada pelo alto e Cavalieri pegou mais uma. A resposta do Alvinegro veio na mesma moeda, mas Rhuan carimbou o travessão. Até que, na marca dos 41, o Flu teve nova oportunidade com Fred. De novo depois de cobrança de escanteio, o atacante foi no segundo andar, testou firme e, após bate-rebate, Kevin mandou contra o próprio gol: 1 a 0.

O Glorioso voltou para o segundo tempo pressionando o Fluminense. O domínio alvinegro quase surtiu efeito, aos 13 minutos. Babi aproveitou cruzamento e acertou a trave, na sobra Benevenuto cabeceou por cima da meta. Na sequência, Pedro Raul foi quem assustou para o time da casa e Muriel salvou o Tricolor. Já aos 28, o gol botafoguense enfim saiu. Victor Luís cobrou falta, a bola desviou no meio do caminho e ficou limpa para Caio Alexandre, o meia aproveitou a chance e bateu rasteiro para deixar tudo igual. Depois do gol, o Flu apareceu mais para o jogo e o clássico ganhou em equilíbrio. Kanu e Pedro Raul tentaram para o Botafogo, enquanto Nenê e Yago levaram perigo para o Fluminense. Mas a igualdades persistiu até os minutos finais do clássico. 

Foto: Thiago Ribeiro/AGIF
Fonte: CBF

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email